sicnot

Perfil

Economia

Menos 84 famílias sobre-endividadas pedem ajuda à Deco no 1º trimestre

(SIC/ Arquivo)

Mais de sete mil famílias sobre-endividadas pediram no primeiro trimestre ajuda ao Gabinete de Apoio ao Sobre-endividado (GAS) da Deco, menos 84 famílias do que em igual período de 2016, mas apenas 630 tiveram as dívidas reestruturadas.

De acordo com a associação de defesa do consumidor, o desemprego foi a causa de 20% dessas situações de sobre-endividamento, quando no primeiro trimestre do ano passado tinha sido responsável por 27% das situações.

O crédito à habitação voltou a ser o mais renegociado pela Deco, em quase 83% dos pedidos de apoio, o crédito pessoal cerca de 14% e o crédito automóvel 11%.

Quanto às habilitações académicas, a maioria das famílias que pede ajuda têm o ensino secundário (31%) ou o 3.º ciclo (16%), representando o ensino superior 23%.

A taxa de esforço média dos processos de sobre-endividamento nas mãos da Deco foi de 69% nos primeiros três meses do ano, mostrando uma subida face à taxa de esforço de 67% no primeiro trimestre de 2016.

Lusa

  • William e Kate apresentam o filho ao mundo
    1:42
  • Marcelo defende debate alargado sobre saúde
    0:57

    País

    O Presidente da República defende que um debate profundo sobre o futuro da saúde deve envolver todos os intervenientes políticos. Para Marcelo Rebelo de Sousa quanto mais partidos estiverem envolvidos na discussão, melhor.

  • Governo apresenta medidas que privilegiam arrendamento e reabilitação
    1:16

    País

    O Governo apresentou esta tarde um novo pacote de medidas para a habitação. Trata-se de uma visão que privilegia o arrendamento e a reabilitação como formas de garantir o acesso a todas as famílias a uma habitação adequada. O primeiro-ministro diz que é preciso segurança nos contratos de arrendamento e avança por isso como uma proposta de benefícios.

  • Salah Abdeslam e cúmplice condenados a 20 anos por tentativa de assassínio de cariz terrorista
    1:11

    Mundo

    O único suspeito vivo dos ataques de Paris em 2015 foi esta segunda-feira condenado a 20 anos de prisão por um tribunal belga, num processo paralelo, que remete para o momento em que foi detido em Bruxelas, em março de 2016. Salah Abdeslam e um cúmplice foram considerados culpados de tentativa de assassínio de cariz terrorista pela participação numa troca de tiros com a polícia belga da qual resultaram três agentes feridos. 

  • Beyoncé e a irmã caem no Coachella e o vídeo torna-se viral

    Cultura

    Beyoncé voltou este fim de semana a subir ao palco do Coachella, depois de ter atuado na primeira semana do festival que decorreu no deserto da Califórnia, nos EUA. A cantora norte-americana voltou a brilhar, mas foi o momento em que caiu no palco com a irmã, Solange, que acabou por se tornar viral.

    SIC