sicnot

Perfil

Economia

Sindicatos médicos reúnem-se terça-feira com Governo

Adalberto Campos Fernandes, ministro da Saúde.

NUNO ANDR\303\211 FERREIRA

Os sindicatos médicos vão reunir na terça-feira de manhã com o ministro da Saúde, numa tentativa de retomar as negociações após a greve nacional de dois dias, disse à Lusa fonte sindical.

O secretário-geral do Sindicato Independente dos Médicos (SIM), Roque da Cunha, indicou que o ministro Adalberto Campos Fernandes teve "a iniciativa de responder ao que os sindicatos tinham sugerido de retomar as negociações o mais rapidamente possível".


"Esperamos que as mensagens dos médicos e de vários partidos tenham sido percebidas", disse Roque da Cunha.


O ministro da Saúde admitiu na quinta-feira, em entrevista à TVI, que as reivindicações que levaram à greve nacional dos médicos são quase todas "muito legítimas" e manifestou-se disponível para continuar a trabalhar já na próxima semana com os sindicatos.


Adalberto Campos Fernandes lembrou ainda que, nos últimos anos, a Saúde foi um setor "muito fustigado".


Contudo, o governante indicou que "não é possível fazer tudo por todos ao mesmo tempo", mas afirmou que "há espaço, em termos de faseamento no tempo", para acolher as propostas dos dois sindicatos que convocaram a paralisação, estimando que o calendário das negociações possa estar encerrado em setembro.


Os médicos estiveram em greve na quarta e quinta-feira, uma paralisação que, segundo os sindicatos teve uma adesão na ordem dos 90%.


Os sindicatos médicos reivindicam 12 horas de trabalho em serviço de urgência, a diminuição do número de utentes por médico de família, a reposição do pagamento de 100% das horas extra, que recebem desde 2012 com um corte de 50%.


Exigem ainda a reversão do pagamento dos 50% com retroatividade a janeiro deste ano.

Lusa

  • Encontrado corpo de mariscador desaparecido no Barreiro

    País

    O corpo do homem com cerca de 50 anos apareceu esta manhã junto ao Clube Naval do Barreiro, na mesma zona onde tinha desaparecido na noite deste sábado. A informação já foi confirmada à SIC pela Polícia Marítima, que adiantou que o corpo já foi levado para a morgue. O alerta foi dado por volta das 22:30 de ontem pelos companheiros de nacionalidade chinesa que estavam com a vítima na apanha de bivalves na margem sul do Tejo.

  • Mais de duas mil pessoas retiradas do fogo junto ao parque Doñana, no Sul de Espanha

    Mundo

    O incêndio florestal começou ainda na noite deste sábado na aldeia de Las Peñuelas de Moguer, na província de Huelva e obrigou à evacuação de várias localidades e à retirada de mais de duas mil pessoas, de vários alojamentos turísticos (incluindo o Parador de Mazagon, dois parques de campismo e um hotel). Foi ainda ativado o plano de emergência da província.

  • Portugal "precisa avançar no trabalho" para reduzir crédito malparado
    1:36

    Economia

    Bruxelas recomenda e insiste que o Governo português avance no trabalho para resolver o crédito malparado. Em entrevista à SIC e ao Expresso, o vice-Presidente da Comissão para o Euro e Estabilidade Financeira, Valdis Dombrovskis, adianta que Bruxelas está também a preparar um Plano de Ação ao nível europeu.

    Entrevista SIC/Expresso

  • Líder do Daesh abatido durante fuga

    Daesh

    Um líder do Daesh e o assistente foram abatidos pela polícia iraquiana, em Mossul. A notícia é avançada pela agência EFE que esclarece que os dois homens terão sido mortos enquanto fugiam do Oeste para Este da cidade iraquiana através do rio Tigre.