sicnot

Perfil

Economia

Grécia começa hoje a primeira greve geral do ano contra novos cortes

Costas Baltas

A Grécia começa hoje a primeira greve geral do ano, uma mobilização convocada pelos principais sindicatos do país contra a lei que engloba todas as medidas necessárias para fechar a segunda revisão do programa de resgate.

O pacote legislativo, que será debatido hoje no parlamento e cuja votação está prevista para quinta-feira, inclui um corte nas pensões a partir de 2019 e subidas de impostos a partir de 2020.

Os sindicatos batizaram esta medida de "quarto memorando" por tratarem-se de ajustes adicionais, não previstos no terceiro resgate, que se aplicarão quando terminar o programa atual.


A greve foi apoiada também pelos controladores aéreos que deixarão de trabalhar entre as 11:00 e as 15:00 (entre as 09:00 e as 13:00 de Lisboa), pelo que foram cancelados todos os voos desde e para o aeroporto de Atenas nesse período horário.


Os autocarros e elétricos da região da capital, que já começaram uma série de greves na terça-feira, permaneceram nas garagens durante toda a noite e até às 09:00 (07:00 em Lisboa), voltando a parar a partir das 19:00 (17:00 em Lisboa).


O metro, por seu lado, vai funcionar entre as 09:00 e as 19:00 (entre as 07:00 e 17:00 em Lisboa), enquanto o transporte ferroviário estará completamente paralisado.


Os hospitais vão apenas disponibilizar serviços mínimos, já que os médicos e pessoal hospitalar estão em greve de 48 horas, que se prolonga até quinta-feira.


Também os reformados e setores autónomos, como médicos do privado, engenheiros e advogados uniram-se à mobilização.


Os sindicatos convocaram também manifestações para Atenas e outras cidades de maior dimensão no país.

Lusa

  • O encontro emocionado de Marcelo com a mãe de uma das vítimas dos fogos
    0:30
  • Proteção Civil garante que já não há desaparecidos
    1:40
  • "Depois de sair da autoestrada o vidro do carro ainda estava a ferver"
    2:01
  • "O fogo chegou de repente. Foi um demónio"
    2:15
  • O desabafo de um empresário que perdeu "uma vida inteira de trabalho" no fogo
    2:08
  • O testemunho emocionado de quem perdeu quase tudo
    2:10
  • As comunicações entre operacionais no combate às chamas em Viseu
    2:27
  • Houve "erros defensivos que normalmente a equipa não comete"
    0:38

    Desporto

    No final do jogo, quando questionado sobre a ausência de Casillas no onze do FC Porto, Sérgio Conceição referiu que a equipa apresentada era aquela que lhe oferecia garantias. Quanto ao jogo, o treinador portista reconheceu que a equipa cometeu vários erros defensivos.

  • "Cometemos erros e há que tentar corrigi-los"
    0:41

    Desporto

    No final do jogo em Leipzig, Iván Marcano desvalorizou a ausência de Iker Casillas e entendeu que o facto de o guarda-redes ter ficado no banco não teve impacto na equipa. Já sobre o jogo, o central espanhol garantiu que não correu da forma como os jogadores esperavam.

  • Norte-americana foi à discoteca e tornou-se princesa

    Mundo

    A história de Ariana Austin é quase como um conto de fadas moderno. A jovem vai até ao baile, onde conhece o seu príncipe. Só que a norte-americana foi a uma discoteca e, na altura, não sabia que Joel Makonnen era na verdade um príncipe da Etiópia e que casaria com ele 12 anos depois, tornando-se também ela numa princesa.