sicnot

Perfil

Economia

PCP e BE com visões diferentes para Orçamento do Estado

PCP e BE com visões diferentes para Orçamento do Estado

O PCP diz que não faz sentido fazer a discussão do IRS nos termos que o Bloco de Esquerda defende, quando propõe um alívio fiscal de 600 milhões de euros já no próximo orçamento do Estado. Na SIC Notícias, o líder parlamentar comunista adiantou que a proposta do PCP passa pela criação de dez escalões de IRS, o dobro dos atuais.

  • PCP defende existência de 10 escalões de IRS
    1:39

    País

    O PCP diz que a proposta do Bloco de Esquerda para criar um alívio fiscal de 600 milhões de euros em 2018 não faz sentido. Na SIC noticias, João Oliveira disse esta manhã que o problema do IRS não pode ser visto desta forma porque não se limita aos escalões. Os comunistas defendem que esses escalões devem passar de 5 para 10.

  • PCP critica BE: "Discutir o IRS nesses termos não é vantajoso"
    1:03

    10 Minutos

    João Oliveira, o líder parlamentar comunista, diz que a proposta do BE para o IRS "não faz sentido". Na entrevista ao "10 minutos" na SIC Notícias, Oliveira defendeu que essa discussão não se deve limitar apenas aos escalões e que por isso a proposta de Catarina Martins "não é vantajosa para os portugueses". Recorde-se que a líder do BE defendeu, também no "10 minutos", um alívio fiscal de 600 M€ no OE de 2018. A proposta dos comunistas passa por transformar os atuais 5 escalões em 10.

  • Catarina Martins quer mais "Estado Social"
    1:19

    New Articles

    Na rubrica 10 minutos, esta manhã na Sic Notícias, a líder do Bloco de Esquerda fez um aviso ao Governo: tem de haver uma aposta clara no Estado Social. Catarina Martins diz que é preciso ir mais longe do que estava previsto nos acordos à esquerda.

  • Caixa multibanco assaltada em Portugal a cada dois dias
    2:43

    País

    O semanário Expresso conta que a mulher que morreu vítima de um disparo de agentes da PSP foi atingida pelas costas. O caso está a ser investigado pela PJ, que procura encaixar as peças da noite que acabou com uma morte inocente mas que começou com uma perseguição a um grupo de assaltantes de um multibanco. Assaltos que são cada vez mais comuns e que preocupam o Governo. A cada dois dias, uma caixa é assaltada.