sicnot

Perfil

Economia

Desemprego na OCDE mantém-se nos 5,9% em abril, com Portugal em 4º lugar

O desemprego no conjunto dos países que integram a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) manteve-se nos 5,9% em abril, com Portugal no quarto lugar na lista dos países com mais desemprego.

De acordo com os dados hoje divulgados pela OCDE, nos 35 países membros havia 36,9 milhões de desempregados em abril, ainda mais 4,2 milhões do que antes de se fazerem sentir os efeitos da crise, em abril de 2008.

Do total de desempregados na OCDE, 504 mil dizem respeito a Portugal, onde a taxa de desemprego se manteve nos 9,8% em abril.

A Grécia (com 22,9% em março, último dado disponível) permanece como o país da OCDE onde o desemprego é mais elevado, seguido de Espanha (17,8%) e Itália (11,1%).

Na zona euro, o desemprego baixou dos 9,4% de março para os 9,3% em abril.

A taxa de desemprego jovem (entre os 15 e os 24 anos) aumentou na média dos países da OCDE, em abril, para os 12,1%, dos 12,0% de março.

Na mesma linha, em Portugal, a taxa de desemprego entre os jovens subiu também dos 22,9%, de março, para os 23,7%, de abril.

Lusa

  • Cinco anos depois do incêndio na Serra do Caldeirão
    5:24
  • Destaques económicos que marcaram a semana
    2:03

    Economia

    A semana ficou marcada pela tragédia provocada pelos incêndios no centro do país. No entanto importa olhar para o que se passou noutras áreas e fazer um resumo das notícias relacionadas com a economia. 

  • Martin Schulz ataca Merkel a três meses das legislativas

    Mundo

    O social-democrata alemão Martin Schulz passou este domingo à ofensiva, a três meses das eleições legislativas, ao acusar Angela Merkel de "arrogância" e de sabotar a "democracia", quando as sondagens apontam para uma larga vantagem da chanceler da Alemanha.

  • Martha, a cadela mais feia do mundo
    0:42

    Mundo

    A cadela Martha, de raça mastim napolitano ficou em primeiro lugar na edição anual do concurso que elege os cães mais feios do mundo. A cadela tem três anos, pesa 57 quilos e foi resgatada pela dona quando estava praticamente cega. Acabou por recuperar a visão depois de várias operações. Martha e a dona receberam um prémio de 1.500 dólares e uma viagem a Nova Iorque para marcarem presença em programas de televisão.