sicnot

Perfil

Economia

Desemprego na OCDE mantém-se nos 5,9% em abril, com Portugal em 4º lugar

O desemprego no conjunto dos países que integram a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) manteve-se nos 5,9% em abril, com Portugal no quarto lugar na lista dos países com mais desemprego.

De acordo com os dados hoje divulgados pela OCDE, nos 35 países membros havia 36,9 milhões de desempregados em abril, ainda mais 4,2 milhões do que antes de se fazerem sentir os efeitos da crise, em abril de 2008.

Do total de desempregados na OCDE, 504 mil dizem respeito a Portugal, onde a taxa de desemprego se manteve nos 9,8% em abril.

A Grécia (com 22,9% em março, último dado disponível) permanece como o país da OCDE onde o desemprego é mais elevado, seguido de Espanha (17,8%) e Itália (11,1%).

Na zona euro, o desemprego baixou dos 9,4% de março para os 9,3% em abril.

A taxa de desemprego jovem (entre os 15 e os 24 anos) aumentou na média dos países da OCDE, em abril, para os 12,1%, dos 12,0% de março.

Na mesma linha, em Portugal, a taxa de desemprego entre os jovens subiu também dos 22,9%, de março, para os 23,7%, de abril.

Lusa

  • "Ataque terrorista" no centro de Barcelona

    Ataque em Barcelona

    Uma carrinha atropelou várias pessoas esta tarde em Barcelona, Espanha, na área turística de Las Ramblas. A polícia confirma oficialmente um morto e 32 feridos, mas outras fontes asseguram a existência de várias vítimas mortais. As autoridades falam de um "ataque terrorista" e revelaram a foto do suspeito.

    Direto

    SIC

  • Mação volta a enfrentar dias de pânico
    3:33
  • Fogo obrigou à evacuação de 6 aldeias do concelho do Sardoal
    1:56

    País

    O incêndio que chegou ao Sardoal obrigou à evacuação de seis aldeias. As pessoas foram encaminhadas para as instalações da Santa Casa da Misericórdia e vão regressando ao longo do dia de hoje. A A23 foi reaberta de madrugada, depois de ter estado várias horas cortada nos dois sentidos .

  • Ministra admite que a maioria dos incêndios começaram por mão humana
    1:57

    País

    A Ministra da Administração Interna admitiu esta quarta-feira que a maioria dos incêndios deste ano começaram por mão humana, mas Constança Urbano de Sousa entende que é cedo para tirar outras conclusões. Já o vice-presidente da Liga dos Bombeiros Portugueses, Adelino Gomes, diz que não há duvidas e fala em terrorismo organizado. 

  • Sismo na região de Lisboa sentido num raio de 150km
    3:19