sicnot

Perfil

Economia

Luta contra evasão fiscal permitiu recuperar 75 mil milhões € a nível internacional

A ação internacional das autoridades fiscais contra a evasão fiscal permitiu arrecadar nos últimos anos 85 mil milhões de dólares (75 mil milhões de euros), graças às declarações voluntárias de 500 mil pessoas ativas que estavam ocultas no estrangeiro, foi esta quarta-feira divulgado.

Num relatório da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) para a Cimeira do G20, em Hamburgo, preparado pela OCDE, o secretário-geral da organização, Angel Gurría, afirmou que esses esforços "já dão frutos".

Segundo o relatório, existem 2 mil acordos de troca de informação automática para combater a evasão fiscal e que são subscritos por 143 países e as autoridades fiscais.

Uma outra vertente da cooperação fiscal internacional que preocupa a OCDE e que será debatida na reunião do G20 - que reúne as principais economias do mundo - tem a ver a erosão fiscal que é provocada pela falta de pagamento de impostos por parte das multinacionais.

Atualmente são 101 países os que já aderiram ao mecanismo internacional para combater a falta de pagamento de impostos pelas multinacionais, que no conjunto representam mais de 93% do Produto Interno Bruto (PIB) mundial.

A este nível também irão tomar uma série de medidas para evitar que as grandes companhias internacionais utilizem para seu benefício os sistemas fiscais que lhes são mais benéficos.

Uma das medidas preconizadas passa pela comunicação, com base em mais de 6 mil acordos fiscais, para tornar os seus atos mais transparentes.

Lusa

  • Encontrados destroços do avião que caiu no Irão

    Mundo

    As autoridades iranianas encontraram destroços do avião que caiu no domingo no sudeste do país, matando as 66 pessoas que seguiam a bordo, revelou um porta-voz da Guarda Revolucionária, o exército de elite do regime.

  • 2,6 milhões de bebés morrem antes de completar um mês

    Mundo

    Os recém-nascidos no Paquistão, República Centro-Africana e Afeganistão são os que têm menor probabilidade de sobreviver, de acordo com um relatório da Unicef que revela que todos os anos 2,6 milhões de crianças morrem antes de completar um mês. Sobretudo nos países mais pobres do mundo, o número de mortes de recém-nascidos a nível global mantém-se assustadoramente elevado.

  • Galp regista lucro de 602 M€ em 2017 

    Economia

    A Galp registou um lucro de 602 milhões de euros no ano passado. Uma subida de 25 por cento em relação a 2016. De acordo com a empresa, os resultados devem-se sobretudo ao aumento da produção de petróleo e gás natural no Brasil, bem como o crescimento dos negócios da refinação e distribuição.

  • Mulher enterrada viva no Brasil
    1:13

    Mundo

    Uma mulher de 37 anos terá sido enterrada viva no oeste da Bahia, no Brasil. A certidão de óbito aponta um choque séptico como a causa da morte, mas os ferimentos com que foi encontrada no interior do caixão indicam um possível erro. Os moradores de casas vizinhas do cemitério municipal onde Rosângela dos Santos foi enterrada ouviram gritos vindos do túmulo.

  • "Os Estados Unidos são uma sociedade de pistoleiros"
    3:47
  • Trump desafia Oprah a candidatar-se para ser derrotada

    Mundo

    Apesar de Oprah Winfrey ter excluído uma eventual candidatura às eleições presidenciais dos Estados Unidos da América, Donald Trump ainda não se esqueceu dos rumores e desafiou a apresentadora a candidatar-se em 2020. Através do Twitter, o Presidente norte-americano disse ainda que assim poderia ser "exposta e derrotada como todos os outros".

    SIC