sicnot

Perfil

Economia

Luta contra evasão fiscal permitiu recuperar 75 mil milhões € a nível internacional

A ação internacional das autoridades fiscais contra a evasão fiscal permitiu arrecadar nos últimos anos 85 mil milhões de dólares (75 mil milhões de euros), graças às declarações voluntárias de 500 mil pessoas ativas que estavam ocultas no estrangeiro, foi esta quarta-feira divulgado.

Num relatório da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) para a Cimeira do G20, em Hamburgo, preparado pela OCDE, o secretário-geral da organização, Angel Gurría, afirmou que esses esforços "já dão frutos".

Segundo o relatório, existem 2 mil acordos de troca de informação automática para combater a evasão fiscal e que são subscritos por 143 países e as autoridades fiscais.

Uma outra vertente da cooperação fiscal internacional que preocupa a OCDE e que será debatida na reunião do G20 - que reúne as principais economias do mundo - tem a ver a erosão fiscal que é provocada pela falta de pagamento de impostos por parte das multinacionais.

Atualmente são 101 países os que já aderiram ao mecanismo internacional para combater a falta de pagamento de impostos pelas multinacionais, que no conjunto representam mais de 93% do Produto Interno Bruto (PIB) mundial.

A este nível também irão tomar uma série de medidas para evitar que as grandes companhias internacionais utilizem para seu benefício os sistemas fiscais que lhes são mais benéficos.

Uma das medidas preconizadas passa pela comunicação, com base em mais de 6 mil acordos fiscais, para tornar os seus atos mais transparentes.

Lusa

  • Mosquito transmissor da dengue detetado em Portugal

    País

    Uma espécie de mosquito que é transmissor do vírus da dengue foi identificado pela primeira vez em Portugal, na região Norte do país, anunciou esta quarta-feira a Direção-geral da Saúde (DGS) e o Instituto Doutor Ricardo Jorge.

  • Marcelo não comenta proposta sobre nomeação do governador do BdP
    0:14

    Economia

    Marcelo Rebelo de Sousa não quis comentar a proposta do grupo de trabalho para a reforma da supervisão financeira, que recomenda que o governador do Banco de Portugal seja nomeado pelo Presidente da República. Marcelo não quis comentar o assunto esta quarta-feira durante a tomada de posse do Reitor da Universidade de Lisboa.

  • Habitantes da favela da Rocinha temem novo episódio violento
    2:54

    Mundo

    Localizada no Rio de Janeiro, a Rocinha, maior favela do Brasil, foi palco de um tiroteio entre traficantes, no último fim de semana. Agora, pelo terceiro dia consecutivo, a polícia do Rio de Janeiro está a fazer um cerco em algumas favelas cariocas à procura de traficantes. A comunidade está assustada e receia que episódios violentos como este se repitam.