sicnot

Perfil

Economia

Trabalhadores da PT protestam em Faro contra transferência para outras empresas

(arquivo)

Cerca de 80 trabalhadores de telecomunicações concentraram-se esta segunda-feira junto às instalações da PT/MEO, em Faro, no Algarve, em protesto contra as transferências para outras empresas e parceiros do grupo e em defesa da estabilidade da empresa.

"A nossa luta pretende evitar que os trabalhadores sejam transferidos para empresas precárias, cujo objetivo pode ser o despedimento e pela defesa da estabilidade do trabalho e da contratação coletiva", disse à agência Lusa António Moura do Sindicato Nacional dos Trabalhadores das Telecomunicações e Audiovisual (SINTTAV).

A concentração à porta das instalações da PT/MEO na capital algarvia, seguiu-se ao plenário que juntou cerca de uma centena de trabalhadores, para esclarecer e preparar a greve geral anunciada para sexta-feira.

Em causa está o facto de a PT Portugal ter anunciado internamente que iria transferir no dia 22 de julho, 118 trabalhadores para empresas do grupo Altice e Visabeira, o que motivou que os sindicatos convocassem uma greve geral para 21 de julho contra a transferência de trabalhadores para outras empresas e parceiros do grupo.

O representante do SINTTAV disse à Lusa que a greve pretende "envolver o poder político no sentido de alterar a legislação, de forma a evitar a transferência de trabalhadores, devido ao receio de que os mesmos venham a ser despedidos".

"A empresa tinha anunciado que tinha cerca de quatro mil trabalhadores a mais e, o nosso receio é que a transferência para empresas precárias, algumas constituídas há pouco tempo, acabe em despedimentos", sublinhou o sindicalista.

Segundo António Moura, os trabalhadores "estão a viver um momento conturbado e de indefinição quanto ao futuro, quando o que se pretende é uma maior estabilidade dos postos de trabalho e da empresa".

"A nossa luta irá manter-se até que a empresa apresente medidas corretas de gestão em relação aos trabalhadores e que o poder político se envolva para travar despedimentos e manter a estabilidade e qualidade da empresa", concluiu.

Lusa

  • Leão de Ouro de Souto de Moura faz "muito bem à alma" dos portugueses
    1:53
  • "Sonho com um futuro melhor", o desejo de um jovem sírio em Portugal
    2:12

    País

    Mais de 50 jovens sírios chegaram esta madrugada a Lisboa, para iniciarem o novo ano letivo, em Portugal. Sonham com um futuro melhor. Sonham com uma educação melhor. Os 54 estudantes vieram ao abrigo do programa lançado pelo antigo Presidente da República, Jorge Sampaio, que nos últimos anos já deu uma nova oportunidade a cerca de 200 alunos.

  • Na linha do triunfo
    16:49
  • Chamas do incêndio no Europa Park na Alemanha atingiram os 15 metros de altura
    0:57