Economia

Ferro Rodrigues empossou novos membros do Conselho de Finanças Públicas

Ferro Rodrigues empossou novos membros do Conselho de Finanças Públicas

A polémica sobre a independência do Conselho de Finanças Públicas terminou hoje com a posse de dois novos membros. O presidente da Assembleia da República, Ferro Rodrigues, sublinhou a necessidade de independência e pluralidade de opiniões.

Miguel Saint Aubyn e Paul De Grô foram os nomes indicados pelo Banco de Portugal e Tribunal de Contas, que o Governo aceitou em junho.

O Executivo rejeitou a proposta inicial que incluía Teresa Ter-Minassian, antiga alta funcionária do FMI, e Luís Vitório, ex-chefe de gabinete de Paulo Macedo no tempo do governo PSD-CDS.

A polémica arrastou-se durante meses com a direita a acusar o Governo de pôr em causa a independência de um órgão de aconselhamento na área das finanças públicas.

Paul de Grô é um economista belga, conhecido pelas críticas sobre a gestão da crise europeia. Miguel Saint Aubyn fez parte do grupo de trabalho do governo com o Bloco de Esquerda que discutiu a sustentabilidade da dívida.