sicnot

Perfil

Economia

Ferro Rodrigues empossou novos membros do Conselho de Finanças Públicas

Ferro Rodrigues empossou novos membros do Conselho de Finanças Públicas

A polémica sobre a independência do Conselho de Finanças Públicas terminou hoje com a posse de dois novos membros. O presidente da Assembleia da República, Ferro Rodrigues, sublinhou a necessidade de independência e pluralidade de opiniões.

Miguel Saint Aubyn e Paul De Grô foram os nomes indicados pelo Banco de Portugal e Tribunal de Contas, que o Governo aceitou em junho.

O Executivo rejeitou a proposta inicial que incluía Teresa Ter-Minassian, antiga alta funcionária do FMI, e Luís Vitório, ex-chefe de gabinete de Paulo Macedo no tempo do governo PSD-CDS.

A polémica arrastou-se durante meses com a direita a acusar o Governo de pôr em causa a independência de um órgão de aconselhamento na área das finanças públicas.

Paul de Grô é um economista belga, conhecido pelas críticas sobre a gestão da crise europeia. Miguel Saint Aubyn fez parte do grupo de trabalho do governo com o Bloco de Esquerda que discutiu a sustentabilidade da dívida.

  • "Se estivesse a governar estaria preocupado com o futuro e não só com o presente"
    7:46
  • PS e PSD trocam acusações sobre Tancos
    1:18
  • Homens vítimas de violência doméstica
    31:17
  • Marcelo mergulha na baía de Luanda
    0:45
  • Défice chegou aos 2.034 milhões em agosto
    1:51

    Economia

    O défice do Estado caiu 1.900 milhões de euros até agosto, em comparação com o ano passado. A recuperação da economia ajudou a baixar o défice, com mais receitas e impostos acima do esperado. Já a despesa pública ficou praticamente inalterada e os pagamentos do Estado em atraso subiram.

  • EUA negam ter declarado guerra à Coreia do Norte

    Mundo

    Os Estados Unidos negaram esta segunda-feira ter declarado guerra à Coreia do Norte e frisaram que Pyongyang não pode disparar contra os seus aviões em águas internacionais, em resposta a uma ameaça do ministro dos Negócios Estrangeiros norte-coreano.

  • Morreu a egípcia que chegou a pesar 500 quilos

    Mundo

    A egípcia Eman Ahmed Abd El Aty, de 37 anos, que chegou a pesar 500 quilos, morreu num hospital de Abu Dabi, nos Emirados Árabes Unidos, devido a complicações cardíacas na sequência do seu excesso de peso.