Economia

WhatsApp deixa de funcionar em alguns telemóveis em 2018

A partir de 1 de janeiro o WhatsApp vai deixar de funcionar em alguns telemóveis. Se é daquelas pessoas que não vive sem a aplicação, aconselhamos que leia este artigo com atenção.

A razão é simples: a aplicação já não desenvolve suporte operacional para determinadas plataformas, fazendo com que não tenham utilidade alguma.

De acordo com o WhatsApp, a partir de 2018, os sistemas que operam no BlackBerry OS 10 e no Windows Phone 8.0., deixam de ter capacidade para receber a aplicação.

"Apesar de esses telefones terem feito parte da nossa história, eles não oferecem a capacidade necessária para expandir as funções do nosso aplicativo no futuro", referiu a empresa.

Outros telemóveis incompatíveis com o WhatsApp

  • Versões de Android anteriores à 2.3.3.;
  • Android 2.3.7.;
  • Windows Phone 7;
  • IOS 6 (iPhones 3GS e versão abaixo);
  • Nokia Symbia S60 e Nokia S40

Caso os telemóveis não tenham já a aplicação instalada, não será permitido criar uma nova conta, nem voltar a verificar uma já existente.

Segundo a empresa, mil milhões de pessoas usam o serviço de mensagens instantâneas.

"Queremos concentrar os nossos esforços nas plataformas que a maioria das pessoas usam e, apesar de às vezes termos que tomar decisões difíceis, temos que dar às pessoas a melhor forma de se comunicarem entre si", acrescenta o WhatsApp.

  • Sabe que pode estar a pagar 100€ a mais na fatura do gás?
    2:29

    Economia

    A maior parte das empresas fornecedoras de gás continua a cobrar aos clientes a taxa de ocupação do subsolo ao clientes, apesar da lei dizer que deve ser paga pelas empresas desde janeiro de 2017. Cada Câmara Municipal cobra o que entende e há autarquias que não cobram nada. Em alguns casos podemos estar a falar de mais de 8 euros por mês, ou seja, mais de 100 euros por ano.

  • Jorge Jesus já pode falar sobre o Sporting
    2:27

    Desporto

    No Sporting, Battaglia e Bas Dost podem estar de regresso ao clube de Alvalade, depois de terem rescindido contrato. Outra das notícias do dia é o fim da cláusula de confidencialidade que não permitia a Jorge Jesus falar sobre o tempo passado no clube.

  • As técnicas e o currículo polémico do Dr. Bumbum
    2:10

    Mundo

    Uma mulher morreu após uma operação aos glúteos, feita na casa de um cirurgião plástico conhecido no Brasil por Dr. Bumbum. Depois de quatro dias em fuga, o homem entregou-se às autoridades. O médico operava as mulheres em casa e no currículo tem um curso que não acabou e pós-graduações que não são reconhecidas.

  • "A bebedeira passa, o resto não!"
    2:48
  • "Não tenho casa, não tenho família, não sei para onde ir"
    0:15