Economia

Consumo de gás dispara 25% em 2017 para máximo de sempre

O consumo de gás natural em Portugal disparou 24,8% em 2017, para 69,7 TeraWatt-hora (TWh) face ao ano anterior, impulsionado pelo mercado elétrico, sendo o consumo anual mais elevado de sempre, segundo dados da REN.

Em comunicado, a empresa gestora das redes energéticas adianta que o consumo de gás natural foi o "mais elevado de sempre, ultrapassando em 21% o anterior máximo registado em 2010".

No segmento do mercado elétrico, isto é, para a produção de eletricidade, o consumo foi igualmente o mais elevado de sempre, ultrapassando o anterior máximo de 2008, o que está relacionado com o período de seca e a baixa produção renovável, que obriga a acionar as centrais a gás.

No mês de dezembro, no mercado de gás natural, registou-se a primeira queda homóloga verificada no consumo este ano, devido a uma redução de 14,5% verificada no segmento de produção de energia elétrica, enquanto no segmento convencional se registou um crescimento homólogo de 1,9%.

Lusa

  • Benfica promete queixa-crime contra quem divulgou contratos de Castillo e Ferreyra
    1:26

    Desporto

    Um blog divulgou na internet os valores dos contratos de dois dos reforços do Benfica, Castillo e Ferreyra. O clube da Luz promete agir judicialmente contra quem divulgou estas informações. A SIC sabe que devido à gravidade dos factos a Liga de Clubes está a considerar suspender os funcionários da instituição até que este caso seja esclarecido.

  • Donald Trump envolvido em mais uma polémica
    1:49
  • Caminhada de 20 quilómetros até ao trabalho valeu um carro

    Mundo

    Quando o carro de Walter Carr deixou de funcionar um dia antes do primeiro dia de trabalho numa empresa de mudanças, ele não desistiu nem ligou a dizer que ia faltar. Saiu de casa à meia-noite e fez mais de 20 quilómetros a pé para chegar a horas. No final recebeu uma recompensa.

    SIC