Economia

Gastos na rede Multibanco subiram 10% na época natalícia

Os levantamentos e os pagamentos de compras nos terminais Multibanco totalizaram cerca de 7,6 mil milhões de euros entre 27 de novembro e 31 de dezembro, mais 10% do que no mesmo período de 2016, divulgou esta quarta-feira a SIBS.

De acordo com a gestora da rede Multibanco, entre 27 novembro e 31 dezembro de 2017 foram efetuados nas caixas da rede Multibanco 42,7 milhões de levantamentos no valor de 3,1 mil milhões de euros, um montante 6,9% acima do registado no mesmo período de 2016.

Já nos terminais de pagamento da rede Multibanco foram, no mesmo período, pagas 114,5 milhões de compras no valor de 4,5 mil milhões de euros, mais 12,5% face a período homólogo.

Por dia, em média, o valor levantado foi de 72 euros, acima dos 70 euros de 2016. Em compras, o valor gasto em lojas foi de 40 euros, neste caso o mesmo valor do ano anterior.

O dia com mais operações processadas foi 22 de dezembro, mais de 10,5 milhões segundo a SIBS, enquanto 23 de dezembro foi o que registou maior numero de compras, cerca de 5 milhões.

A SIBS refere ainda que no mês de dezembro de 2017 foi batido um recorde mensal com mais de 100 milhões de compras nos terminais de pagamento automático.

Já em toda a rede Multibanco, no mês de dezembro foram processados mais de 250 milhões de operações.

Segundo a SIBS, "os levantamentos e compras dos portugueses na época natalícia têm vindo a aumentar, ano após ano", entre 2012 e 2017.

Por setores, a maioria das compras continuam a ser nos supermercados (25,3% em 2017) e em moda (9,1%), mas em ambos os casos abaixo dos valores de 2016, o que significa que está a haver mais gastos em termos relativos noutras categorias de produtos.

A restauração passou, em 2017, a ocupar o terceiro lugar (7,6%), superando as gasolineiras (7,2%) e a cultura, entretenimento e eletrónica (6,7%).

A gestora da rede Multibanco divulga ainda informações sobre os gastos dos estrangeiros e Portugal e dos portugueses no estrangeiro, mas sem revelar montantes.

Na época natalícia de 2017, os cartões franceses foram os mais usados em Portugal (20,3%), seguidos dos do Reino Unido (15,6%), Espanha (8,5%), Alemanha (6,1%) e Angola (6%).

Os cartões de Angola perderam terreno no ano de 2017, depois de em 2016 terem representado 12% das transações feitas com cartões estrangeiros.

Por tipo de consumo, os estrangeiros gastaram sobretudo dinheiro com alojamento (17,7%) e restauração (16,7%).

Quanto às transações de portugueses no estrangeiro, a SIBS diz que França é o país onde os portugueses efetuam mais transações (17,4%), seguida de Espanha (17,3%) e do Reino Unido (9,1%).

A gestora da rede multibanco compara ainda 2017 com 2012, referindo que no ano passado "os portugueses gastaram 2,6 vezes mais na Bélgica" do que em 2012.

As compras dos portugueses no estrangeiro foram, na época natalícia de 2017, sobretudo em alojamento (15,2%), aparecendo em segundo lugar os supermercados (14,2%), que em anos anteriores vinham depois da moda.

A SIBS divulgou também dados sobre compras através da Internet, ainda que sem dar valores de quanto foi gasto.

Em 2017, as compras 'online' na época natalícia foram sobretudo em viagens e transportes, representando 22,2% do total, mas abaixo dos 25,4% de 2016.

Houve um aumento considerável de comércio 'online' nas categorias de cultura, entretenimento e eletrónica (de uma proporção de 9,2% do total em 2016 para 13,6% em 2017), comércio a retalho não especializado (3,6% para 9,1%) e moda (3,5% para 8%).

Já as compras na categoria lazer desceram de 17% na época natalícia de 2016 para 11,7% na de 2017.

Do conjunto do ano de 2017, foi o mês de novembro aquele que registou o maior número de compras médias diárias 'online', segundo a SIBS, que acrescenta que o dia de maior número de compras através da Internet foi 24 de novembro, na BlackFriday, sexta-feira a seguir à tradição da Ação de Graças nos Estados Unidos que os comerciantes transformaram em evento comercial.

Lusa

  • Três sportinguistas analisam entrevista de Bruno de Carvalho
    1:29
  • Concentração de Faro arranca hoje com segurança reforçada

    País

    A 37.ª edição da Concentração de Motos de Faro começa hoje e prolonga-se até domingo, sendo esperados 18 mil participantes, que terão segurança reforçada da GNR, uma semana após as detenções de 59 elementos do grupo motociclista Hells Angels.

  • Suspeitas de fraude na reconstrução de casas em Pedrógão Grande

    País

    Há suspeitas de esquemas fraudulentos na reconstrução das áreas ardidas de Pedrógão Grande. Segundo uma investigação da revista Visão haverá vários a lei foi contornada de diversas formas, para avançar com a reconstrução de casas não prioritárias, como os pedidos de alteração de morada fiscal para que habitações não permanentes fossem tratadas como casas de primeira habitação que deram entrada nas repartições de finanças.

  • Manuel Pinho não terá declarado dinheiro que recebeu
    2:45

    Economia

    Manuel Pinho não terá declarado ao Tribunal Constitucional o dinheiro que recebeu do chamado saco azul do Grupo Espírito Santo. Esta terça-feira, no Parlamento, o antigo ministro da Economia de José Sócrates foi questionado sobre o assunto mas recusou responder.

  • Jovens tailandeses poderão vir a sofrer de transtornos a longo prazo
    2:30

    Mundo

    Os 12 rapazes e o treinador resgatados de uma gruta da Tailândia já tiveram alta. Uma semana depois, saíram do hospital e deram uma conferência de imprensa em que se mostraram sorridentes. No entanto, os especialistas advertem que poderão vir a sofrer de transtornos a longo prazo, se forem obrigados recorrentemente a reviver tudo o que passaram.

  • Os portugueses que se cruzaram na vida de Mandela
    2:19
  • Cem anos de Mandela: o legado de um "gigante da História"

    Mundo

    Na história da Humanidade contam-se muito poucas figuras capazes de gerar uma aclamação unânime e global de elogio e agradecimento. Nelson Mandela está nessa lista de eleitos. No dia em que completaria 100 anos, recordamos o legado de "Madiba", um dos maiores impulsionadores da paz que este mundo já conheceu.

    André de Jesus

  • Será este o táxi mais autografado do mundo?
    2:27
  • Quem é a mais recente líder da Sonae?
    2:16
  • Rádio Escuta dá voz aos imigrantes que vivem em Lisboa
    4:02

    País

    Uma rádio comunitária está no ar, por estes dias, no bairro do Intendente, em Lisboa. O projeto é temporário e termina no próximo domingo. Mas até lá, a Rádio Escuta chega a mais de 100 países, pela internet, e dá voz aos imigrantes de diversas origens que vivem em Lisboa.

  • Lisboa vai ser Capital Verde da Europa em 2020
    2:54

    País

    O vereador do Ambiente de Lisboa quer envolver todos os cidadãos, empresas e agentes culturais na Capital Verde da Europa em 2020. Lisboa é a primeira cidade do sul da Europa a conseguir a distinção e, até lá, a Câmara promete um conjunto de investimentos para tornar a capital portuguesa um exemplo na área ambiental. Um deles é a construção de uma central solar.

  • Donald Trump em nova polémica

    Mundo

    O presidente dos Estados Unidos da América, Donald Trump, fez estalar uma nova polémica ao chamar ao Montenegro um "país muito pequeno" cujos habitantes são "muito agressivos" e por parecer questionar o princípio da defesa mútua dentro da NATO.

  • Urso apanhado na piscina de moradia de luxo na Califórnia
    1:35