sicnot

Perfil

Economia

Portugal quer arrecadar até 1.250 M€ na primeira emissão de longo prazo do ano

Portugal vai ao mercado na próxima quarta-feira para emitir até 1.250 milhões de euros em dois leilões de Obrigações do Tesouro (OT) a cerca de cinco e de 10 anos, anunciou hoje o IGCP.

Segundo a Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública (IGCP), os dois leilões de OT vão realizar-se no dia 14 de fevereiro pelas 10:30 horas com maturidade em 17 de outubro de 2022 e 17 de outubro de 2028, com um montante indicativo global entre 1.000 milhões e 1.250 milhões de euros.

No último leilão de OT a dez anos, que ocorreu em novembro, Portugal colocou 1.250 milhões de euros a uma taxa de 1,939%, inferior à taxa do anterior leilão comparável (que era de 2,327%).

Já no mais recente leilão a cinco anos, o IGCP emitiu 500 milhões de euros em OT, a uma taxa de 0,916%.

Estes dois leilões de dívida serão os primeiros de 2018, depois de em janeiro o IGCP ter colocado 4.000 milhões de euros em OT com maturidade em outubro de 2018, através de uma emissão sindicada.

Segundo o programa de financiamento de 2018, o IGCP estima arrecadar 15.000 milhões de euros através da emissão bruta de OT mensalmente, combinando sindicatos e leilões.

Lusa

  • "Até para o ano", a mensagem de Ronaldo para os adeptos do Real Madrid
  • Despenalização da eutanásia votada na terça-feira no Parlamento
    2:04
  • Há companhias aéreas a contratar. TAP é uma delas
    1:28

    Economia

    Com o crescimento do turismo, que continua a bater recordes, as companhias aéreas querem profissionais para reforçar as rotas com maior procura e oferecer novos destinos. Só a TAP prevê contratar mais 700 pessoas este ano para várias funções, incluindo 300 tripulantes de cabine e 170 pilotos.

  • O bombeiro herói que recebe 267 euros de pensão
    2:36
  • Funcionários dos EUA na Coreia do Norte para preparar cimeira
    2:19