sicnot

Perfil

Economia

Portugal regressa hoje aos mercados com leilões até 1.250 M€ em dívida a 5 e 10 anos

Busto e bandeira da República portuguesa

Andre Kosters

Portugal regressa hoje aos mercados com dois leilões de Obrigações do Tesouro (OT) a cerca de cinco e 10 anos num montante indicativo global entre 1.000 e 1.250 milhões de euros.

Segundo a Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública (IGCP), os dois leilões realizam-se hoje às 10:30 horas e as OT têm maturidade em 17 de outubro de 2022 e em 17 de outubro de 2028.

No último leilão de OT a dez anos, que ocorreu em novembro último, Portugal colocou 1.250 milhões de euros a uma taxa média de 1,939%, a mais baixa de sempre e inferior à taxa do anterior leilão comparável (que era de 2,327%).

Já no mais recente leilão a cinco anos, o IGCP emitiu em outubro último 500 milhões de euros em OT, a uma taxa de 0,916%, também a mais baixa de sempre.

Estes dois leilões de dívida serão os primeiros de 2018, depois de em janeiro o IGCP ter colocado 4.000 milhões de euros em OT com maturidade em outubro de 2018, através de uma emissão sindicada.

Segundo o programa de financiamento de 2018, o IGCP estima arrecadar 15.000 milhões de euros através da emissão bruta de OT mensalmente, combinando sindicatos e leilões.

Lusa

  • Assembleia-geral do Sporting marcada para 23 de junho
    2:57
  • Congresso do PS começa hoje na Batalha

    País

    O 22.º Congresso do PS começa hoje, na Batalha, distrito de Leiria, e durante o qual o secretário-geral, António Costa, deverá defender uma linha de continuidade estratégica, procurando, em simultâneo, projetar desafios estruturais que se colocam ao país.

  • Gonçalo Guedes: o menino franzino que jogava mais que os outros em Benavente
    8:47
  • Juiz impede acesso a informações bancárias e e-mails de António Mexia
    1:50

    País

    No inquérito crime que investiga a EDP, continua um braço de ferro entre o Ministério Público e o juiz de instrução. O magistrado voltou a negar o acesso a informações bancárias e a e-mails de António Mexia, que constavam dos processos da Operação Marquês e do universo Espírito Santo.

  • Universidade de Coimbra não retira Honoris Causa a Lula
    3:30
  • Estudo acaba com teorias da conspiração sobre a morte de Hitler

    Mundo

    Existem algumas versões sobre o desaparecimento do ditador nazi, Adolf Hitler. Há quem diga que viajou para um país da América do Sul, outros acreditam que está escondido na Antártida e há até quem vá mais longe e acredita que estaria na Lua. Mas, teorias da conspiração à parte, a história oficial diz que Hitler suicidou-se num bunker, em Berlim, Alemanha.

    SIC