sicnot

Perfil

Economia

Governo quer pôr fim ao corte de 5% nos salários de funcionários de gabinetes de políticos

MIGUEL A. LOPES

O Governo pretende acabar com o corte de 5% que é aplicado há oito anos aos salários dos funcionários dos gabinetes de políticos. O fim do corte não será imediato, mas faseada, como previsto no Orçamento do Estado para 2018 para o pagamento das progressões na carreira.

A proposta, avançada esta quinta-feira pelo jornal Público, faz parte da versão preliminar do decreto-lei de execução orçamental.

O Governo prepara-se para pôr fim ao corte, com efeitos desde Janeiro deste ano, mas de forma faseada até ao fim de 2019, altura em que os cortes serão nulos.

Desde 2010 que o corte de 5% é aplicado aos membros dos gabinetes da Presidência da República, da Assembleia da República e do primeiro-ministro, assim como aos dos gabinetes dos membros do Governo, dos governos regionais e das autarquias.

O Executivo quer também pôr fim às restrições nos prémios para gestores públicos e nos aumentos salariais para dirigentes intermédios.

  • Inglaterra goleia o Panamá e apura-se para os oitavos de final do Mundial

    Mundial 2018 / Inglaterra

    A Inglaterra venceu o Panamá por 6-1 e garantiu, assim, a qualificação para os oitavos-de-final do Mundial quando ainda falta um jogo para terminar a fase de grupos. Só na primeira parte, a equipa inglesa marcou cinco golos, sendo que dois resultaram de penáltis. Destaque para Harry Kane que hoje fez um hat-trick e soma, portanto, cinco golos só neste Mundial. Referência para o Panamá que ao minuto 78 marcou o primeiro golo de sempre num Mundial. No último encontro Inglaterra e Bélgica irão discutir o primeiro lugar do Grupo G.

  • Marcelo de volta a casa após diagnóstico de gastroenterite aguda
    3:37