sicnot

Perfil

Madeleine McCann

Actuação da GNR durante a investigação foi "exemplar", diz ministro Rui Pereira

O ministro da Administração Interna, Rui Pereira, afirmou hoje, em Faro, que a GNR actuou "exemplarmente" durante a investigação ao desaparecimento de Madeleine McCann e agiu "em estreita colaboração" com a Polícia Judiciária.

Refutando críticas segundo as quais militares da GNR teriam "contaminado" o local do crime antes da investigação da Polícia Judiciária (PJ), o membro do Governo garantiu que houve articulação entre aquela força e a polícia a quem competia a investigação criminal.



No seu livro "Maddie - A Verdade da Mentira", o ex-inspector da PJ Gonçalo Amaral critica o comportamento da Guarda Nacional Republicana (GNR) durante a investigação na Praia da Luz, onde a criança inglesa desapareceu em Maio de 2007, acusando os militares de perturbarem o trabalho dos investigadores.



O ex-coordenador da investigação do desaparecimento de Madeleine McCann no Algarve sustenta que a criança inglesa morreu no apartamento onde passava férias com os pais, que diz serem suspeitos de ocultar o cadáver depois de um "trágico acidente".



Madeleine McCann desapareceu a 3 de Maio de 2007 quando dormia num quarto de um complexo hoteleiro na Praia da Luz, no Algarve, enquanto os pais jantavam com amigos num restaurante das proximidades.





Com Lusa
  • Presidente do Conselho Europeu admite divergências com Trump

    Mundo

    O presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, admitiu hoje que a reunião mantida em Bruxelas com o presidente norte-americano, Donald Trump, permitiu constatar pontos de concordância em várias áreas, mas também de discordância noutras, como clima, comércio e Rússia."

  • Mourinho volta a conquistar a Europa

    Liga Europa

    O Manchester United conquistou esta quarta-feira a Liga Europa pela primeira vez. Este foi o quarto título europeu para Mourinho, depois das conquistas da Taça UEFA, em 2002/03, e da Liga dos Campeões, em 2003/04 e 2009/10.

  • Mexicana vence ultramaratona a correr de sandálias e de saia

    Desporto

    Uma mexicana venceu uma ultramaratona de 50 quilómetros a correr de saia e sandálias de borracha. María Lorena Ramírez, de 22 anos, não é atleta profissional, nem recebeu treino específico para a Ultra Trail Cerro Rojo, prova que venceu, mas pertence à tribo Tarahumara, com uma longa e invulgar tradição de excelentes corredores.

    SIC

  • Marcelo diz que a Europa precisa de paixão
    2:36
  • Protestos e violência no Rio de Janeiro
    1:08