sicnot

Perfil

Especiais

Presidente do PS condena ato "miserável" contra a "humanidade"

O presidente do PS e líder parlamentar socialista, Carlos César, enviou hoje uma mensagem ao seu homólogo socialista francês, Bruno Le Roux, condenando os atentados contra "a civilização e humanidade" na sexta-feira à noite em Paris.

© Christian Hartmann / Reuters

"Este miserável ato de terrorismo contra a França é também um ato de violência intolerável contra os supremos valores que a todos nos identificam - os valores da liberdade, igualdade e fraternidade. É um atentado contra a civilização e a humanidade", escreveu o presidente do PS e líder do Grupo Parlamentar socialista.

Na sua missiva, Carlos César manifesta as suas "sentidas condolências" e a sua "mais profunda solidariedade ao povo francês neste momento terrível e dramático".

Vários ataques registados sexta-feira à noite, em Paris, já provocaram mais de uma centena de mortos, segundo fontes policiais.

O presidente francês, François Hollande, já anunciou o estado de emergência e o encerramento das fronteiras de França na sequência do que classificou de "ataques terroristas sem precedentes" no país.

Lusa

  • Caixa multibanco assaltada em Portugal a cada dois dias
    2:43

    País

    O semanário Expresso conta que a mulher que morreu vítima de um disparo de agentes da PSP foi atingida pelas costas. O caso está a ser investigado pela PJ, que procura encaixar as peças da noite que acabou com uma morte inocente mas que começou com uma perseguição a um grupo de assaltantes de um multibanco. Assaltos que são cada vez mais comuns e que preocupam o Governo. A cada dois dias, uma caixa é assaltada.

  • Metro de Lisboa vai reduzir consumo de água

    País

    O Metro de Lisboa colocou em prática um programa para reduzir o consumo de água devido à situação de seca em Portugal, respondendo assim ao apelo do Ministério do Ambiente, segundo um comunicado divulgado este sábado.