sicnot

Perfil

Acidente aéreo na Colômbia

Acidente aéreo na Colômbia

Acidente aéreo na Colômbia

Sobrevivente da queda do avião incentiva plantel na apresentação da Chapecoense

Sirli Freitas / Chapecoense HANDOUT

A Chapecoense realizou esta sexta-feira a sua apresentação oficial para a próxima temporada, contando com a presença do futebolista Hélio Neto, um dos seis sobreviventes do acidente aéreo que matou 71 pessoas a 28 de novembro.

De muletas, Neto participou na apresentação do plantel, formado por alguns dos jogadores que não viajaram para Medellín (Colômbia), onde o clube brasileiro iria disputar a primeira mão da final da Taça Sul-americana com os colombianos do Atlético Nacional, vários futebolistas da filial promovidos à equipa principal e os cinco novos reforços já apresentados.

Em conferência de imprensa, o defesa assumiu que voltar à Chapecoense lhe dá forças para não "afundar-se numa depressão", depois do trágico acidente em que morreram a maioria dos seus companheiros de equipa.

"Primeiro, preciso recuperar a minha saúde e a minha mente também. Estar aqui [na Chapecoense] é o que me dá força. Ou melhoro e represento esses colegas da forma que eram ou vou afundar-me numa depressão", explicou Neto.

O jogador admitiu que ainda "depende de toda a gente", mas que notou uma evolução desde que "acordou na Colômbia e não reconhecia ninguém".

Numa foto divulgada pelo clube, Neto aparece a falar com os jogadores que subiram à equipa principal.

O diretor executivo do clube catarinense, Rui Costa, discursou perante o plantel, incentivando os futebolistas a "honrar os legados que foram deixados" pelas vítimas.

"Este grupo está à disposição dos nossos adeptos para que possam voltar a ter esse prazer, alegria e esperança de voltar a ver a Chapecoense entre os melhores", acrescentou.

A 28 de novembro, a queda do avião da companhia boliviana Lamia perto de Medellín (Colômbia) causou a morte a 71 das 77 pessoas que seguiam a bordo, incluindo a maioria dos jogadores da Chapecoense e dirigentes e jornalistas que acompanhavam a equipa de brasileira, que se preparava para disputar a primeira mão da final da Taça Sul-americana com os colombianos do Atlético Nacional.

Lusa

  • Deputado do PS abandona partido e pode colocar em causa maioria parlamentar
    2:28

    País

    Domingos Pereira foi eleito pelo círculo de Braga. Agora, vai demitir-se do Partido Socialista e entregar o cartão de militante. Contudo, mantém-se no Parlamento, passando assim a deputado independente na Assembleia da República. Pode estar em causa a maioria parlamentar quando o PCP se abstiver.

    Notícia SIC

  • Pedro Dias recusou mostrar caligrafia
    2:29

    País

    Pedro Dias forneceu esta segunda-feira ADN aos peritos do laboratório da polícia científica. O suspeito dos crimes de Aguiar da Beira também foi intimado a entregar amostras da própria caligrafia, mas recusou fazê-lo.

  • Autoridades italianas prosseguem buscas por desaparecidos em avalancha
    0:54
  • "O México não acredita em muros"
    0:45

    Mundo

    Em resposta a Donald Trump, o Presidente mexicano diz que o país não acredita em muros, mas em pontes. Enrique Peña Nieto diz ainda que o México vai procurar dialogar com os Estados Unidos sem confrontos, mas também sem submissão.

  • Carolina do Mónaco celebra o 60.º aniversário
    2:13

    Mundo

    Carolina do Mónaco celebra esta segunda-feira o 60.º aniversário. Em 60 anos, foi criança mediática, jovem rebelde e, agora, matriarca sem ser rainha. Carolina do Mónaco nunca saiu das revistas, por ser filha de Grace Kelly e Rainier do Mónaco, por ter somado namorados pouco recomendáveis para princesas, por ter perdido o pai dos seus filhos num terrível acidente.

  • Ator morre baleado durante gravações de videoclip na Austrália

    Mundo

    Um ator morreu depois de ter sido baleado durante as gravações de um videoclip da banda Bliss n Eso, na cidade australiana de Brisbane. A vítima foi identificada como Johann Ofner, de 28 anos. O homem chegou a receber a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos.