sicnot

Perfil

Acidente na Caparica

Acidente na Caparica

Acidente na Caparica

Piloto e tripulante ficam com termo de identidade e residência

ANDR\303\211 KOSTERS

A Procuradoria-Geral da República anunciou esta quinta-feira que o piloto e o tripulante da aeronave que, na quarta-feira, aterrou de emergência na praia de São João da Caparica, em Almada, ficaram sujeitos à medida de coação de termo de identidade e residência.

"Concluídos os interrogatórios, que foram conduzidos pelo Ministério Público, os arguidos ficaram sujeitos à medida de coação de termo de identidade e residência. As investigações prosseguem, estando em causa a eventual prática de crime de homicídio por negligência", refere uma nota da PGR.

Os dois tripulantes do avião ligeiro, que colheu mortalmente duas pessoas na praia de São João - uma criança de 8 anos e um homem de 56 - durante uma aterragem de emergência na tarde de quarta-feira, ficaram sujeitos à medida de coação de termo de identidade e residência, depois de ouvidos hoje pelo Ministério Público.

  • Marido de idosa que morreu na Sertã teve de caminhar durante duas horas para pedir ajuda
    1:44

    País

    A Altice garantiu esta sexta-feira que tentou agendar, por duas vezes, a reposição da linha telefónica na casa da idosa da Sertã, que morreu na semana passada por não ter comunicações que permitissem um socorro rápido. A mulher sentiu-se mal e o marido teve de caminhar durante duas horas para conseguir chegar à casa do vizinho mais próximo e pedir ajuda.

  • "Situação humanitária dos civis em Ghouta é aterradora"
    0:49

    Mundo

    O enviado especial da ONU para a Síria lançou esta sexta-feira um novo apelo a um cessar-fogo. O responsável está particularmente preocupado com a situação da população civil e diz que é preciso evitar que se repita em Ghouta o que se passou em Alepo.

  • Como é que alguém (Rúben Semedo) com tanto pode perder tudo?
    3:05
  • Instantes de uma noite de futebol europeu
    0:41
  • Não dá mais, Brasil!
    18:00