sicnot

Perfil

Agressões em Ponte de Sor

Nem o embaixador iraquiano nem os filhos apresentaram queixa ao MP

O Ministério Público não tem qualquer registo de queixa por parte do embaixador iraquiano em Portugal sobre os incidentes em Ponte de Sor.

A informação foi avançada pela Procuradoria-geral da República, esclarecendo que nem o pai nem os filhos apresentaram uma queixa formal sobre as alegadas agressões.

Já a GNR garante que os dois jovens não foram identificados a conduzir qualquer viatura. Quando a GNR chegou ao local dos incidentes não encontrou os suspeitos das agressões, apenas Ruben Cavaco com ferimentos graves e testemunhas que se encontravam na zona.

À agência Lusa, o oficial de relações públicas do Comando Territorial de Portalegre explicou que os dois filhos do embaixador já tinham sido referenciados numa outra situação de desacatos junto a um bar.

  • Atacantes usaram "tática defendida pelos extremistas do Daesh"
    1:43

    Ataque em Barcelona

    O ex-presidente do Observatório de Segurança, Criminalidade Organizada e Terrorismo esteve em direto, para a SIC Notícias, onde falou sobre o ataque desta quinta-feira nas Ramblas, em Barcelona. José Manuel Anes falou na tática defendida na revista dos extremistas do Daesh e que foi usada neste ataque: a utilização de viaturas "de preferência as mais pesadas para matar o maior número de pessoas".