sicnot

Perfil

Agressões em Ponte de Sor

PJ já ouviu primeiras testemunhas em Ponte de Sor

A Polícia Judiciária já terá estado em Ponte de Sor para ouvir as primeiras testemunhas do caso que envolve os dois filhos gémeos do embaixador do Iraque. De acordo com o jornal Observador, uma brigada da Directoria de Lisboa da PJ já esteve na localidade e falou com diversas testemunhas. De acordo com uma fonte da Judiciária, citada pelo jornal, "estão a ser feitas todas as diligências que podem ser feitas, sem colidir com a imunidade diplomática".

A intenção é a de realizar e concluir a investigação o mais rapidamente possível, para a seguir - em conjunto com o Ministério Público - propôr ao juiz de instrução criminal o interrogatório aos dois filhos do diplomata.

A polícia aguarda autorização médica para realizar exames periciais a Ruben Cavaco e depois, mais tarde, ouvir a vítima.

  • Marcelo saúda "forma rápida" como Conselho de Ministros "tratou de tudo"
    1:03

    País

    O Presidente da República lembra que é preciso convergência de forma a adotar rapidamente as medidas mais urgentes do plano de emergência. No concelho de Tábua, Marcelo Rebelo de Sousa destacou ainda os esforços do Conselho de Ministros, mas lembrou que as medidas anunciadas são apenas o início de um processo e não o fim.