sicnot

Perfil

Agressões em Ponte de Sor

Ministro dá mais uma semana ao Iraque para novas informações

Em atualização

O ministro dos Negócios Estrangeiros anunciou hoje que vai esperar mais uma semana por uma resposta das autoridades iraquianas, sobre o levantamento da imunidade parlamentar dos filhos do embaixador em Portugal, no caso das agressões em Ponte de Sor. O Iraque adiou a decisão, pedindo resposta a "questões jurídicas".

Última atualização às 10:09

O Ministério dos Negócios Estrangeiros pronunciou-se esta manhã sobre a resposta do Iraque ao pedido de levantamento de imunidade diplomática dos filhos do embaixador em Lisboa.

A resposta de Bagdade chegou ontem ao Governo numa nota em que "aquelas autoridades suscitam questões jurídicas relacionadas com o processo de inquérito relativo aos incidentes de Ponte de Sor".

O Ministério acrescenta em comunicado que "transmitiu hoje de manhã o teor daquela nota à Procuradoria-geral da República, solicitando que, se entender pertinente, faculte eventuais elementos adicionais".

Os gémeos, implicados na agressão a um jovem em Ponte de Sor, deveriam também ter chegado ontem a Portugal. Não há no entanto informação que o tenham feito.

  • Carro que atropelou adepto encontrado numa garagem na Amadora
    1:51

    Desporto

    O carro que atropelou o adepto da Fiorentina, junto ao Estádio da Luz, está nas mãos da Polícia Judiciária. O automóvel foi encontrado esta terça-feira por uma brigada da PSP na garagem de um casa da Amadora, que pertence a um elemento da claque dos No Name Boys.

  • A SIC foi dar uma volta de bicicleta

    País

    Há 90 anos, cerca de 40 ciclistas partiam do Marquês de Pombal, em Lisboa, para a primeira etapa da 1.ª Volta a Portugal de Bicicleta. Hoje, um grupo de investigadores repete o percurso, até Setúbal, dando início a uma viagem que pretende incentivar o uso da bicicleta como meio de transporte no dia-a-dia. Um jornalista da SIC segue no pelotão e pode acompanhar a viagem em direto no Facebook da SIC Notícias.

    Em atualização

    SIC

  • Portugal perde 22 mil empregos por ano por causa da pirataria
    1:52

    País

    Todos os anos, Portugal perde cerca de mil milhões de euros e mais de 22 mil empregos por causa à pirataria. Hoje assinala-se o dia mundial da propriedade intelectual. Uma área que diz respeito a todas as formas de arte e, entre outras, ao jornalismo.