sicnot

Perfil

Airbus cai nos Alpes

Airbus cai nos Alpes

Airbus cai nos Alpes

Mariano Rajoy consternado com tragédia do avião da Germanwings

 O presidente do Governo de Espanha, Mariano Rajoy, afirmou-se hoje "consternado com o acidente aéreo" nos Alpes franceses, com a queda de um avião da German Wings com 148 pessoas a bordo, entre as quais espanhóis.

© Andrea Comas / Reuters

"Consternado pelo acidente aéreo nos Alpes. Uma tragédia. Trabalhamos com as autoridades francesas e alemãs na investigação", indicou Mariano Rajoy numa mensagem na rede social Twitter.


A empresa que gere os principais aeroportos em Espanha afirmou hoje que no avião que se despenhou nos Alpes franceses seguia um número considerável de espanhóis, com o governo de Madrid a confirmar 45 passageiros com apelidos espanhóis.


"É presumível que haja a bordo um número importante de cidadãos espanhóis", declarou o porta-voz da Aeropuertos Españoles y Navegación Aérea (AENA), Antonio San José, às rádios Onda Cero e Antena 3.


Por seu turno, a porta-voz do governo, a vice-presidente Soraya Sainz de Santa Maria, afirmou que na lista dos passageiros estão 45 pessoas com apelidos espanhóis.


O governo espanhol criou um gabinete de crise na sequência do desastre do Airbus A320 da Germanwings, filial de baixo custo da alemã Lufthansa, que partiu de Barcelona rumo a Dusseldorf.


O avião despenhou-se na região de Digne, perto de Barcelonette.


Numa declaração à imprensa, o presidente francês, François Hollande, disse que muitos dos passageiros a bordo seriam de nacionalidade alemã e afastou a hipótese de haver sobreviventes.


Lusa
  • BE acusa direita de bloquear atual comissão à CGD
    1:37

    Caso CGD

    O Bloco de Esquerda acusa a oposição de estar a fazer tudo para impedir as conclusões da comissão de inquérito sobre a Caixa Geral de Depósitos que está em curso. Numa altura em que PSD e CDS já entregaram o requerimento para avançar com uma segunda comissão, Catarina Martins defende que ainda há muita coisa por apurar sobre o processo de recapitalização do banco público.

  • Visita de Costa a Angola pode estar em risco
    2:26

    País

    A visita de António Costa a Luanda poderá estar em risco devido à acusação da justiça portuguesa contra o vice-Presidente de Angola. O jornal Expresso avança que o comunicado com a reação dura do Governo angolano é apenas o primeiro passo e que pode até estar a ser preparado um conjunto de medidas contra Portugal. Para já, o primeiro-ministro português desvaloriza a ameaça e mantém a visita marcada para a primavera.