sicnot

Perfil

Airbus cai nos Alpes

Airbus cai nos Alpes

Airbus cai nos Alpes

Dezasseis alunos de um liceu alemão iam a bordo do A320

O município de Llinars del Vallès, perto de Barcelona, confirmou que 16 alunos e duas professoras de um liceu alemão que participaram num programa de intercâmbio escolar estavam a bordo do avião que se despenhou nos Alpes franceses.

© Albert Gea / Reuters

O conselheiro de Finanças e Interior da câmara municipal de Llinars del Vallès, Josep Aixandri, que é também porta-voz do município, confirmou a informação à agência espanhola EFE.

"É um intercâmbio que existe há muito tempo e tratava-se de um grupo de 16 alunos do quarto ano do secundário, de 15 ou 16 anos, e de duas professoras, que estavam há seis ou sete dias em Llinars e hoje de manhã partiram da estação de comboio para Barcelona", explicou o responsável municipal.

"Estamos todos muito afetados", disse.

O grupo de alunos alemães passou uma semana em Llinars del Vallès num programa de intercâmbio com alunos espanhóis do instituto Giola daquela localidade, ficando hospedados em casa de colegas espanhóis.

O porta-voz da câmara municipal precisou que os alunos alemães eram de Haltern am See, uma pequena localidade perto de Düsseldorf (oeste da Alemanha) de cerca de 20.000 habitantes.

A direção da escola espanhola convocou uma reunião de emergência e um grupo de psicólogos da Cruz Vermelha foi enviado para a localidade para dar assistência aos alunos espanhóis.

O avião, um Airbus A320 da companhia de baixo custo alemã Germanwings, partiu hoje de manhã de Barcelona com destino a Düsseldorf mas despenhou-se nos Alpes franceses, num local de muito difícil acesso a cerca de 2.000 metros de altura, perto da localidade de Barcelonnette, na região de Digne-les-Bains (sul de França).

As autoridades francesas confirmaram a morte de todas as 150 pessoas que estavam a bordo, 144 passageiros e seis tripulantes.







Lusa
  • Advogados de Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático
    2:13

    Operação Marquês

    Os advogados de José Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático e garantem que o antigo primeiro-ministro nunca favoreceu Ricardo Salgado ou o Grupo Espirito Santo. Segundo o Expresso, o presidente da Escom, Helder Bataglia, terá admitido que Ricardo Salgado utilizou uma conta bancária do empresário, na Suíça, para passar 12 milhões de euros a Carlos Santos Silva, alegadamente para o amigo José Sócrates.

  • Marcelo diz que é hora de valorizar o poder local
    0:40

    País

    O Presidente da República diz que este é o momento para valorizar o poder local. Sobre a descida da Taxa Social Única, Marcelo Rebelo de Sousa recusou comentar e negou que haja crispação politica entre Governo e oposição.

  • Marine Le Pen diz que Brexit terá efeito dominó na UE
    0:39

    Brexit

    Marine Le Pen diz que o Brexit vai ter um efeito dominó na União Europeia. Durante um congresso da extrema-direita, a líder da Frente Nacional francesa afirmou que a Europa vai despertar este ano em que estão marcadas eleições em vários países, como a Alemanha e a Holanda.