sicnot

Perfil

Airbus cai nos Alpes

Airbus cai nos Alpes

Airbus cai nos Alpes

Equipa de futebol sueca evitou morte devido a alteração de planos

Uma equipa de futebol sueca da terceira divisão, que deveria ter viajado no avião que hoje se despenhou nos Alpes franceses, revelou que foi salva da morte devido a uma alteração de planos.

© Handout . / Reuters

A equipa Dalkurd FF Borlange tinha inicialmente intenção de viajar no voo da companhia aérea Germanwings, que fazia a ligação entre Barcelona e Dusseldorf, para chegar à Suécia, depois de um estágio na Catalunha.

Já no aeroporto, a equipa decidiu mudar de planos devido ao tempo que teria de passar em Dusseldorf, optando por viajar em três voos diferentes com destino a Zurique e a Munique.

"A todos aqueles que nos tentaram contactar nas últimas horas, estamos em casa e estamos bem. Foi outro avião. Que descansem em paz", escreveu no Twitter o guarda-redes da equipa Frank Pettersson.

O Airbus A320 da companhia de baixo custo alemã Germanwings partiu hoje de manhã de Barcelona com destino a Düsseldorf, mas despenhou-se nos Alpes franceses, num local de muito difícil acesso, a cerca de 2.000 metros de altitude, perto da localidade de Barcelonnette, na região de Digne-les-Bains (sul de França).

As autoridades francesas confirmaram a morte de todas as 150 pessoas que estavam a bordo, 144 passageiros e seis tripulantes.









Lusa
  • Autárquicas: Ao 2º dia, "Atrás das Câmaras" em Fátima
    1:44
  • Pistolas Nerf podem causar graves lesões nos olhos

    Mundo

    As balas das pistolas Nerf, quando atingem os olhos, podem causar graves lesões. O aviso é de um grupo de médicos de Londres, que recomenda a utilização de óculos protetores e o aumento da idade mínima para a utilização dos brinquedos.

    SIC

  • Investigadores descobrem como transformar gordura "má" em gordura "boa"

    Mundo

    Uma equipa de investigadores da Universidade de Washington, Estados Unidos, descobriu como converter a gordura corporal "má" em gordura "boa", permitindo queimar mais calorias e atrasar o aumento de peso, num estudo conduzido em ratos. Estes resultados abrem caminho para a possibilidade de desenvolver tratamentos mais eficazes para a obesidade e para a diabetes associada ao aumento de peso em pessoas, segundo os autores.