sicnot

Perfil

Airbus cai nos Alpes

Airbus cai nos Alpes

Airbus cai nos Alpes

Principais acidentes aéreos desde 2005

Um avião Airbus A320 despenhou-se hoje nos Alpes franceses com 148 pessoas a bordo quando fazia a ligação Barcelona (Espanha) e Düsseldorf (Alemanha).

© Maxim Shemetov / Reuters

O secretário de Estado dos Transportes de França, Alain Vidalies, afirmou que "não há sobreviventes". 

O avião, da companhia German Wings, uma filial da Lufthansa, despenhou-se perto de Digne-les-Bains, nos Alpes franceses.

O jornal Le Figaro noticiou que o aparelho, que partiu de Barcelona às 10:00 horas (09:00 horas em Lisboa), desapareceu dos radares cerca das 11:20 horas (10:20 horas em Lisboa), quando sobrevoava a região de Barcelonnette, no sul de França.

Este é o primeiro acidente de uma companhia de baixo custo na Europa e o primeiro sobre solo francês desde o acidente do Concorde em Gonesse, perto de Roissy, em julho de 2000, de acordo com o jornal francês Le Figaro

Cronologia dos principais acidentes aéreos desde 2005:



2015: 

- 04 de fevereiro: Um avião da companhia taiwanesa TransAsia Airways despenha-se num rio de Taipé, causando 43 mortos entre os 58 ocupantes do aparelho. 



2014: 

- 28 de dezembro: Um Airbus 320-200 da companhia aérea AirAsia, com 162 pessoas a bordo, desaparece quando viajava da cidade javanesa de Surabaia para Singapura.

- 24 de julho: 116 pessoas morrem na queda de um avião MD83 da companhia espanhola Swiftair, operado pela Air Algerie, no Mali.

- 17 de julho: Um Boeing 777 da Malaysia Airlines que fazia a ligação entre Amesterdão e Kuala Lumpur despenha-se no leste da Ucrânia, junto à fronteira com a Rússia, depois de ser abatido em circunstâncias ainda por apurar. Não há sobreviventes entre os 298 passageiros e membros da tripulação.

- 08 de março: Um outro Boeing 777 da Malaysia Airlines com 239 pessoas a bordo desaparece dos radares quando fazia a ligação entre Kuala Lumpur e Pequim. As buscas do aparelho, as mais caras de sempre na história da aviação comercial, resultaram infrutíferas até hoje.





2013:

- 29 de novembro: Um avião Embraer das Linhas Aéreas de Moçambique que ligava Maputo a Luanda cai na Namíbia, matando 33 pessoas.



2012: 

- 03 de junho: Um avião comercial despenha-se contra um edifício em Lagos, capital da Nigéria. As autoridades contam mais de 150 mortos.

- 20 de abril: 121 passageiros morrem quando um Boeing 737 cai junto à base militar de Chaklala, nos arredores de Islamabad (Paquistão).



2010: 

- 28 de julho: Um Airbus A321 da companhia Air Blue proveniente de Carachi (Paquistão) despenha-se contra colinas em Islamabad. Morrem 153 pessoas.

- 22 de maio: Um avião despenha-se após descolar do aeroporto de Mangalore, no sudoeste da Índia. Mais de 160 mortos.

- 12 de maio: Uma centena de pessoas morre quando um avião proveniente de África do Sul cai no aeroporto líbio de Trípoli.



2009: 

- 15 de julho: Um Tupolev da companhia iraniana Caspian despenha-se com 168 pessoas a bordo.

- 30 de junho: Um Airbus 310 da companhia Yemenia Airway cai no Oceano Índico. Um sobrevivente entre 153 pessoas a bordo.

- 01 de junho: Um Airbus A330 da Air France, na ligação Rio de Janeiro-Paris despenha-se no oceano Atlântico com 228 pessoas a bordo. É o pior acidente aéreo desde 2003.

- 20 de maio: Um avião militar Hercules C-130 com 96 passageiros e 13 tripulantes cai na ilha de Java (Indonésia). Todos os ocupantes morrem.

2008 - Um avião MD-82 da Spanair cai ao descolar do aeroporto de Barajas, em Madrid. O acidente mata 154 pessoas e deixa 18 feridos.



2007: 

17 de julho - Um Airbus A320 da companhia TAM Airlines despenha-se ao aterrar no aeroporto de Congonhas, em São Paulo (Brasil). Morrem todos os 187 ocupantes e 12 pessoas atingidas pelo aparelho.

05 de maio - 114 mortos quando um Boeing 737 da Kenya Airways cai nos Camarões.

01 de janeiro - Um Boeing 737 de Adam Air, com 102 pessoas a bordo, despenha-se no oceano junto à ilha de Sulawesi, na Indonésia. Não há sobreviventes.



2006: 

- 29 de setembro: Um Boeing da Gol, que ligava Manaus e o Rio de Janeiro, cai na região de Mato Grosso após colidir com um avião privado da empresa norte-americana ExcelAire. Morrem os 154 ocupantes do Boeing. O jato, com sete pessoas a bordo, consegue aterrar sem causar feridos.

- 22 de agosto: 170 mortos quando um avião da companhia russa Pulkovo se despenha na Ucrânia.

- 09 de julho: Um Airbus 310 da companhia S7 Airlines cai e incendeia-se em plena aterragem na Rússia. Morrem 128 dos 203 passageiros.



2005:

- 22 de outubro: Um Boeing 737 da Bellview Airlines cai na Nigéria, causando a morte de todos os 117 ocupantes.

- 05 de setembro: 155 mortos quando um "Boeing 737" da Mandala Airlines se despenha em Medan (Indonésia).

- 16 de agosto: Um MD-82 da West Caribbean Airlines com 160 pessoas a bordo cai próximo de Maracaibo, Venezuela. Não há sobreviventes.

- 14 de agosto: Um acidente com um avião da Helios Airways junto à cidade grega de Kalamos mata todos os 121 ocupantes. 


Lusa
  • "Quem faz isto sabe estudar os dias e o vento para arder o máximo possível"
    4:15
  • O balanço trágico dos incêndios do fim de semana
    0:51

    País

    Mais de 500 mil hectares de área ardida, 42 vítimas mortais, 71 de feridos, dezenas de casas e empresas destruídas. É este o balanço de mais um fim de semana trágico para Portugal a nível de incêndios florestais.

  • 2017: o ano em que mais território português ardeu
    1:41

    País

    Desde janeiro, houve mais área ardida do que em qualquer outro ano na história registada de incêndios florestais. Segundo dados provisórios do Sistema Europeu de Informação sobre Fogos Florestais, mais de 519 mil hectares foram consumidos pelas chamas até 17 de outubro, o que representa quase 6% de toda a área de Portugal. 

  • "Viverei com o peso na consciência até ao último dia"
    3:00
  • O que resta de Tondela depois dos incêndios
    1:07

    País

    O concelho de Tondela é agora um mar de cinzas, imagens recolhidas pela SIC com um drone mostram bem a dimensão do que foi destruído pelos incêndios. Perto 100 habitações principais ou secundárias, barracões, oficinas e stands arderam. 

  • Moradores reuniram esforços para salvar idosos das chamas em Pardieiros
    2:50

    País

    O incêndio de domingo em Nelas fez uma vítima mortal: um homem de 50 anos, de Caldas da Felgueira, que regressava de uma aldeia vizinha, onde tinha ido ajudar a combater as chamas. Em Pardieiros, no concelho de Carregal do Sal, várias casas arderam e uma jovem sofreu queimaduras ao fugir do incêndio. Durante o incêndio, pessoas reuniram esforços para salvar a povoação.

  • Cinco unidades fabris em Tondela destruídas pelas chamas
    3:06

    País

    As contas finais dos prejuízos na zona industrial de Tondela ainda não são definitivas, mas há cinco unidades fabris que foram atingidas pelas chamas. O aterro sanitário do Planalto Beirão foi também atingido pelo fogo que atravessou Tondela, onde ardeu o equivalente a 20 anos de resíduos orgânicos.

  • As lágrimas do primeiro-ministro do Canadá

    Mundo

    O primeiro-ministro da Canadá, Justin Trudeau, emocionou-se esta quarta-feira ao falar de um artista que morreu depois de perder uma luta contra o cancro. Gord Downie, vocalista da banda de rock canadiana "The Tragically Hip", faleceu esta terça-feira, aos 53 anos, vítima de um tumor cerebral.