sicnot

Perfil

Airbus cai nos Alpes

Airbus cai nos Alpes

Airbus cai nos Alpes

Andreas Lubitz, o copiloto do Airbus A320

Dia 24 de março de 2015: o Mundo assistiu a mais um desastre com um avião. Eram 150 os ocupantes do A320 da alemã Germanwings. Não sobreviveu ninguém. Segundo as autoridades francesas, houve uma vontade, por parte do copiloto, de destruir o aparelho. Mas quem é, afinal, este homem?

Andreas Lubitz tinha 27 anos e trabalhava na companhia Germanwings desde setembro de 2013. Era natural de Montabaur, da região de Renânia-Palatinato, mas vivia com os pais em Düsseldorf. 

Considerava-se muito preparado para o trabalho e acumulava 630 horas de voo, segundo noticia o El Mundo. Obteve a licença para voar em 2010 e teria que renová-la já no próximo mês de junho. 

O Governo alemão garante que a atitude do copiloto não terá uma motivação terrorista e o diretor do grupo Lufthansa afirma que o homem estava "apto em cem por cento e a sua atitude era impecável".

O jovem piloto tinha sentido de humor. Uma das suas páginas favoritas na rede social Facebook, (onde o perfil foi apagado), era "Rir até ter uma paralisia facial", de acordo com o jornal alemão Die Welt.

Alto, bem parecido e popular, Lubitz era um jovem comum. Vários dos seus companheiros do clube aéreo de Montabaur, consultados pelos meios locais, descreveram-no como "um jovem muito amável", "divertido e, às vezes, um pouco tranquilo", sem nenhuma particularidade especial ou característica que mereça destaque.

O presidente da Lufthansa admitiu que houve uma interrupção no treino de Andrea Lubitz. Entretanto, começaram a surgir informações de que terá sofrido uma depressão. 

Um correspondente do Der Spiegel escreveu no Twitter que o jovem poderá ter sofrido uma depressão ou esgotamento. Matthias Gebauer acrescentou que colegas de escola do copiloto afirmaram aos jornalistas alemães que este fez uma pausa de seis meses, em 2009, devido a um esgotamento.

Após a pausa, Lubitz regressou e passou em todos os testes, incluindo os exames médicos e psicológicos, tendo obtido o reconhecimento da Administração Federal da Aviação (FAA) em 2013.
  • Obama diz que Guterres "tem uma reputação extraordinária"
    1:38

    Mundo

    António Guterres diz que vai trabalhar com Barack Obama e também com Donald Trump, na reforma das Nações Unidas. O futuro secretário-geral da ONU foi recebido por Obama, na Casa Branca, onde recebeu vários elogios do presidente norte-americano.

  • Mãe do guarda-redes da Chapecoense comove o Brasil
    1:37
  • Dezenas de mortos em bombardeamentos do Daesh em Mossul

    Daesh

    Dezenas de civis, entre os quais várias crianças, morreram e outros ficaram feridos em ataques de morteiro efetuados pelo grupo extremista Daesh em Mossul, disse à agência Efe o vice-comandante das forças antiterroristas iraquianas.

  • Morreu o palhaço que fazia rir as crianças de Alepo

    Mundo

    Anas al-Basha, mais conhecido como o Palhaço de Alepo, morreu esta terça-feira durante um bombardeamento aéreo na zona dominada pelos rebeldes. O funcionário público mascarava-se de palhaço para ajudar a trazer algum conforto e alegria às crianças sírias, que vivem no meio de uma guerra civil.

  • Tribunal chinês iliba jovem executado há 21 anos

    Mundo

    Nie Shubin foi fuzilado em 1995, na altura com 20 anos, depois de ter sido condenado por violação e assassinato de uma mulher, na cidade de Shijiazhuang. Agora, a justiça chinesa vem dizer que, afinal, o jovem era inocente, uma vez que não foram encontradas provas suficientes para o condenar.