sicnot

Perfil

Airbus cai nos Alpes

Airbus cai nos Alpes

Airbus cai nos Alpes

Autoridades alemãs fazem buscas em casa do copiloto do A320

As autoridades alemãs estão a realizar buscas em casa do co-piloto do avião da Germanwings que se despenhou nos alpes franceses. Procuram pistas que possam explicar o que terá levado o homem, de 28 anos, a provocar a queda deliberada do aparelho. 

© Kai Pfaffenbach / Reuters

A casa onde vivia com os pais, em Dusseldorf, está isolada e há relato de vários carros da polícia na rua. O acidente aéreo fez 150 mortos. Esta tarde foi elevado para 75 o número de vítimas de nacionalidade alemã.

Depois de conhecidos os resultados preliminares da investigação que está em curso, três companhias aéreas já anunciaram a alteração das regras de segurança. Passam agora a impor a presença permanente de duas pessoas no cockpit dos aviões.

 



  • Relatório pedido pelo Governo PSD-CDS já apontava falhas no SIRESP
    2:26
  • Proteção Civil aponta falhas do SIRESP, operadora diz que esteve à altura do fogo
    4:22
  • Temer pode cair menos de um ano depois da queda de Dilma
    3:06
  • Imagens do resgate de crianças feridas num bombardeamento na Síria
    2:00

    Mundo

    Os Estados Unidos acusam o regime sírio de estar a preparar um novo ataque químico e avisam Bashar al-Assad que vai pagar caro se o concretizar. No terreno, os ataques aéreos continuam a fazer vítimas civis. Da periferia de Damasco chegam imagens dramáticas do resgate de duas crianças feridas num bombardeamento.

  • Mulher atira moedas para o motor do avião por superstição

    Mundo

    As superstições levam as pessoas a fazer coisas bizarras e até, mesmo, perigosas. Este foi o caso de uma mulher chinesa que decidiu atirar moedas para o motor de um avião, para garantir boa sorte na viagem, que estava prestes a fazer. Contudo, a ação obrigou ao atraso do voo que partia de Xangai, numa companhia aérea chinesa.

  • Modelo italiana atacada com ácido volta ao trabalho

    Mundo

    Gessica Notaro, antiga concorrente do concurso Miss Itália, já regressou ao trabalho como treinadora de leões marinhos, cinco meses depois de ter sido atacada com ácido, alegadamento pelo ex-namorado, Jorge Edson Tavares. Gessica Notaro diz que quer inspirar e encorajar outras mulheres a lutar contra o assédio e o bullying nas relações.