sicnot

Perfil

Airbus cai nos Alpes

Airbus cai nos Alpes

Airbus cai nos Alpes

Companhias alemãs optam por duas pessoas em permanência no cockpit

A associação alemã de aviação civil e a sua congénere austríaca decidiram adotar hoje a regra de duas pessoas em permanência na cabine de voo dos seus aviões, numa reação ao acidente aéreo de terça-feira que vitimou 150 pessoas.

(Reuters)

"As nossas companhias aéreas (...) introduziram provisoriamente um novo procedimento que prevê que duas pessoas autorizadas devam sempre manter-se no cockpit de um aparelho", anunciou em comunicado a Associação Alemã de Aviação (BDL). 

Após as revelações sobre as circunstâncias do acidente do A320 da Germanwings -- numa referência às alegações que o copiloto se encerrou na cabine e fez despenhar deliberadamente o avião -- a BDL tinha referido na noite de quinta-feira pretender impor aos seus aderentes esta regra, que foi adotada hoje após uma reunião em que participaram representantes das companhias, do Gabinete federal de transportes aéreos (LBA) e do Ministério dos Transportes. 

Segundo a sua página na internet, a BDL agrupa as companhias Lufthansa, AirBerlin, Condor, TuiFly e DHL/European Air Transport Leipzig GmbH. 

Em comunicado, a Lufthansa, a primeira companhia do país e a "casa-mãe" da Germanwings, afirmou que vai "aplicar o novo procedimento o mais rapidamente possível". A companhia aérea suíça Swiss, filial do grupo Lufthansa, já indicou que a medida foi "introduzida com efeito imediato". 

A autoridade aérea austríaca, Austro Control, também impôs hoje a presença de dois membros da tripulação nas cabines de pilotagem em todos os voos, anunciou o Ministério dos Transportes. 

A medida tem "efeito imediato", disse à agência noticiosa AFP um porta-voz. "Desejamos que seja adotada uma regulamentação europeia o mais depressa possível", sublinhou. 

Na prática, a regulamentação da Austro Control apenas abrange as duas companhias austríacas Austrian Airlines e Flyniki, respetivamente filiais dos grupos alemães Lufthansa e Air Berlin.

O Airbus A320 da Germanwings, que fazia a ligação entre Barcelona (Espanha) e Düsseldorf (Alemanha), despenhou-se na terça-feira nos Alpes franceses, matando todos os 144 passageiros e seis tripulantes a bordo.

Lusa

  • Outros casos de fuga de prisões portuguesas
    2:58

    País

    Nos últimos cinco anos, 52 reclusos fugiram de cadeias portuguesas, mas foram todos recapturados. Entre 1999 e 2009, fugiram oito reclusos da prisão de Caxias. Em 2005, um homem condenado a 21 anos de prisão fugiu de Coimbra, viajando por França e pela Polónia. Manuel Simões acabou por ser detido no regresso a Portugal.

  • Portugal sem resposta de Moçambique sobre português desaparecido em Maputo
    1:25

    País

    Portugal tem tentado, sem sucesso, obter respostas das autoridades moçambicanas sobre o rapto de um empresário português há sete meses. De acordo com a notícia avançada este domingo pelo jornal Público, uma carta enviada há duas semanas pelo Presidente da República ao homólogo moçambicano não teve resposta. O Governo de Moçambique tem ignorado pedidos de informação das autoridades portuguesas.

  • Táxi capaz de sobrevoar filas de trânsito ainda este ano no Dubai

    Mundo

    É o sonho de muitos que passam horas intermináveis em filas de trânsito. Trata-se de um drone com capacidade para transportar pessoas. "Operações regulares" deste insólito aparelho terão início em julho, no Dubai. O anúncio foi feito pela entidade que gere os transportes da cidade. Apenas um passageiro, com o peso máximo de 100 kg, pode seguir viagem neste táxi revolucionário, capaz de sobrevoar vias congestionadas pelo trânsito.