sicnot

Perfil

Airbus cai nos Alpes

Airbus cai nos Alpes

Airbus cai nos Alpes

Companhias alemãs optam por duas pessoas em permanência no cockpit

A associação alemã de aviação civil e a sua congénere austríaca decidiram adotar hoje a regra de duas pessoas em permanência na cabine de voo dos seus aviões, numa reação ao acidente aéreo de terça-feira que vitimou 150 pessoas.

(Reuters)

"As nossas companhias aéreas (...) introduziram provisoriamente um novo procedimento que prevê que duas pessoas autorizadas devam sempre manter-se no cockpit de um aparelho", anunciou em comunicado a Associação Alemã de Aviação (BDL). 

Após as revelações sobre as circunstâncias do acidente do A320 da Germanwings -- numa referência às alegações que o copiloto se encerrou na cabine e fez despenhar deliberadamente o avião -- a BDL tinha referido na noite de quinta-feira pretender impor aos seus aderentes esta regra, que foi adotada hoje após uma reunião em que participaram representantes das companhias, do Gabinete federal de transportes aéreos (LBA) e do Ministério dos Transportes. 

Segundo a sua página na internet, a BDL agrupa as companhias Lufthansa, AirBerlin, Condor, TuiFly e DHL/European Air Transport Leipzig GmbH. 

Em comunicado, a Lufthansa, a primeira companhia do país e a "casa-mãe" da Germanwings, afirmou que vai "aplicar o novo procedimento o mais rapidamente possível". A companhia aérea suíça Swiss, filial do grupo Lufthansa, já indicou que a medida foi "introduzida com efeito imediato". 

A autoridade aérea austríaca, Austro Control, também impôs hoje a presença de dois membros da tripulação nas cabines de pilotagem em todos os voos, anunciou o Ministério dos Transportes. 

A medida tem "efeito imediato", disse à agência noticiosa AFP um porta-voz. "Desejamos que seja adotada uma regulamentação europeia o mais depressa possível", sublinhou. 

Na prática, a regulamentação da Austro Control apenas abrange as duas companhias austríacas Austrian Airlines e Flyniki, respetivamente filiais dos grupos alemães Lufthansa e Air Berlin.

O Airbus A320 da Germanwings, que fazia a ligação entre Barcelona (Espanha) e Düsseldorf (Alemanha), despenhou-se na terça-feira nos Alpes franceses, matando todos os 144 passageiros e seis tripulantes a bordo.

Lusa

  • Principais factos da acusação no caso BPN dados como provados

    País

    O coletivo de juízes responsável pelo julgamento do processo principal do caso BPN interrompeu perto das 13:00 a leitura do acórdão iniciada pelas 10:30. Os principais factos da acusação são dados como provados, mas a leitura deverá demorar algumas horas.

  • Greve na Função Pública vai afetar escolas, saúde e cultura

    País

    A greve nacional convocada para sexta-feira pela Federação Nacional dos Sindicatos da Função Pública (FNSTFPS) deverá afetar as escolas, a área da saúde e ainda da cultura, entre outros serviços, afirmou esta quarta-feira a dirigente sindical, Ana Avoila.

  • Papa pede a Trump para ser pacificador
    1:12
  • Supremo confirma condenação de Messi por fraude fiscal

    Desporto

    O Supremo Tribunal de Justiça espanhol confirma a condenação de Lionel Messi por fraude fiscal. A notícia foi avançada pelo El País. O jogador do Barcelona foi condenado a 21 meses de prisão por três crimes fiscais que lesaram o Estado em 4,1 milhões de euros.

  • Autódromo do Estoril está ilegal há 45 anos

    Desporto

    De acordo com o Público este equipamento desportivo, inaugurado na década de 70, não tem licença de construção nem de utilização. Uma notícia que apanhou de surpresa o executivo camarário de Cascais, liderado por Carlos Carreiras.

  • Seca na Bacia do Sado exige restrições ao uso da água no Alentejo

    País

    A Agência Portuguesa do Ambiente aprovou hoje um conjunto de medidas para gestão dos recursos hídricos, definindo medidas específicas para a bacia hidrográfica do Sado, a única que se encontra em situação de seca. Além da diminuição de regas em hortas e jardins, a APA recomenda o encerramento das fontes decorativas, a proibição de encher piscinas e de lavagem de automóveis.