sicnot

Perfil

Airbus cai nos Alpes

Companhias anunciam obrigatoriedade de ter duas pessoas em permanência no cockpit

Companhias anunciam obrigatoriedade de ter duas pessoas em permanência no cockpit

Todas as companhias aéreas canadianas e algumas europeias, incluindo a Easyjet que voa em Portugal, já avançaram com uma nova medida de segurança. A partir de hoje, é obrigatória a presença de dois membros da tripulação no cockpit durante todo o voo. Também o Governo português já pediu ao Instituto Nacional de Aviação Civil para avaliar as questões de segurança e emitir, caso necessário, novas recomendações. Decisões depois de conhecidas as causas do acidente desta semana com um avião da Germanwings.

  • Cinco acidentes nos últimos 30 anos provocados deliberadamente por pilotos

    Airbus cai nos Alpes

    O copiloto do avião da Germanwings que se despenhou na terça-feira nos Alpes franceses é suspeito de ser o responsável pela queda do avião, uma vez que iniciou deliberadamente a descida do aparelho, revelaram hoje investigadores franceses. O avião da companhia alemã de baixo custo, um Airbus A-320, acabou por embater numa montanha matando todas as 150 pessoas a bordo. Ao longo dos últimos 33 anos existem cinco casos confirmados de acidentes aéreos que foram provocados deliberadamente por pilotos 

  •  Copiloto do Airbus sem "indícios de contexto terrorista"

    Airbus cai nos Alpes

    O ministro do Interior alemão afirmou hoje que as forças de segurança alemãs não têm "indícios de contexto terrorista" relacionados com o copiloto do avião da Germanwings que na terça-feira se despenhou nos Alpes franceses. "Vai ser tudo investigado", disse o ministro Thomas de Maizière. A chanceler Merkel garante total empenho das autoridades alemãs no caso. Andreas Lubitz estava sozinho aos comandos do aparelho e acionou deliberadamente a descida, revelou o procurador francês encarregado da investigação.   

  • Negócios do Fogo
    22:00
  • Direção da Raríssimas na Madeira demitiu-se em setembro
    1:58

    País

    Três representantes da Raríssimas na ilha da Madeira demitiram-se, em setembro, de costas voltas para a direção. A delegação da instituição na ilha começou em 2015 e fechou com as três demissões. Em entrevista à SIC, uma das antigas delegadas afirmou que todos os fundos angariados foram para a sede, em Lisboa, ficando depois sem dinheiro para pagas as despesas.

  • Deputado do PSD recusa vice-presidência da Raríssimas
    1:58

    País

    Nas reações políticas ao caso da Raríssimas, o PSD e CDS dizem que é preciso acionar todos os mecanismos legais apropriados para averiguar a situação. O deputado social-democrata, Ricardo Baptista Leite, que tinha sido convidado recentemente para vice-presidente da instituição, diz que já não há condições para tomar posse.

  • Presidente da Câmara de Nova Iorque confirma "atentado terrorista falhado"
    0:29
  • Turistas aproveitam nevão na Serra da Estrela
    1:23
  • Fortes nevões no norte da Europa
    0:59
  • Dezenas de feridos em protestos contra decisão de Trump em Israel
    1:55
  • A brincadeira de um youtuber que podia ter acabado mal

    Mundo

    Um jovem youtuber inglês enfiou a cabeça num saco de plástico, prendeu-a na parte interna de um microondas e encheu depois o eletrodoméstico com cimento. A brincadeira, que podia ter acabado de forma trágica, deixou o jovem completamente preso e obrigou à intervenção dos serviços de emergência.

    SIC

  • "Popeye" russo pode ter que amputar braços

    Mundo

    Um jovem russo injetou um óleo no corpo para conseguir ter músculos, mais propriamente nos seus braços, que já cresceram cerca de 25 centímetros. Contudo, segundo um médico, o procedimento pode levar à necessidade de amputação, deixando o jovem sem os membros.