sicnot

Perfil

Airbus cai nos Alpes

Manual da TAP prevê presença permanente de duas pessoas no cockpit

Manual da TAP prevê presença permanente de duas pessoas no cockpit

Várias companhias aéreas anunciaram já mudanças na segurança do cockpit.Em Portugal, o governo pediu recomendações ao Instituto Nacional de Aviação Civil. A TAP já é das poucas companhias a proibir que um dos pilotos fique sozinho na cabine, mas a regra nem sempre é respeitada.

  • Copiloto escondeu doença e deveria estar de baixa médica no dia do acidente

    Airbus cai nos Alpes

    Autoridades alemãs revelam que o copiloto estava de baixa médica no dia do acidente mas que foi trabalhar e escondeu a doença e o tratamento que estava a seguir. A polícia alemã confirma ter recolhido papéis e objectos da casa do copiloto que provocou deliberadamente a queda do avião da Germanwings nos Alpes franceses, mas a procuradoria alemã indicou que não foi encontrada nenhuma carta de Andrea Lubitz ou qualquer outro documento que indicasse a intenção de cometer suicídio. 

  • Companhias anunciam obrigatoriedade de ter duas pessoas em permanência no cockpit
    1:42

    Airbus cai nos Alpes

    Todas as companhias aéreas canadianas e algumas europeias, incluindo a Easyjet que voa em Portugal, já avançaram com uma nova medida de segurança. A partir de hoje, é obrigatória a presença de dois membros da tripulação no cockpit durante todo o voo. Também o Governo português já pediu ao Instituto Nacional de Aviação Civil para avaliar as questões de segurança e emitir, caso necessário, novas recomendações. Decisões depois de conhecidas as causas do acidente desta semana com um avião da Germanwings.

  • TAP recruta mais assistentes de bordo
    2:40

    Economia

    A TAP assegura que, ainda durante o mês de outubro, os problemas com falta de tripulação vão terminar. Até ao final do ano, vão ser contratados novos assistentes de bordo. Ainda assim, o sindicato diz que não chega.

  • "Facilitámos muito no lance do 5-1 e não pode ser"
    1:09

    Desporto

    No final do jogo, o treinador do Desportivo de Chaves, Luís Castro, admitiu o domínio completo do Sporting durante todo o encontro. Já Jorge Jesus deixou elogios a Daniel Podence, que foi aposta para este jogo. O treinador do Sporting ficou satisfeito com a exibição mas não gostou de sofrer o golo de honra da equipa flaviense.