sicnot

Perfil

Airbus cai nos Alpes

Airbus cai nos Alpes

Airbus cai nos Alpes

Cerimónia de luto nacional na Alemanha em memória das vítimas marcada para 17 abril

A cerimónia de luto nacional em memória das 150 vítimas do acidente do Airbus A320 da Germanwings está prevista para 17 de abril, na Catedral de Colónia, na Alemanha, adiantou hoje fonte oficial.

© Jean-Paul Pelissier / Reuters

A chanceler alemã, Angela Merkel, e o Presidente alemão, Joachim Gauck, estarão presentes, disse à agência de notícias France Presse um porta-voz do Estado da Renânia do Norte-Vestfália.


"As famílias e os amigos das vítimas", dos quais muitos são provenientes desta região, estão convidados, assim como representantes dos outros países atingidos pela catástrofe, acrescentou a mesma fonte, sublinhando que "é igualmente importante que a população possa estar presente na cerimónia".


Entretanto, outra cerimónia religiosa para homenagear as vítimas do acidente aéreo teve hoje início às 09:30 (08:30 em Lisboa) na Catedral de Nossa Senhora da cidade de Digne-les-Bains, sudeste da França, perto da área do acidente, segundo divulgou a France Presse. 


"Eu vim para rezar pelas famílias e pelas vítimas. Estou realmente afetada por este drama. É importante ter hoje este gesto religioso", disse Marie-Pierre, uma senhora idosa, que não quis dizer o seu sobrenome.


Por sua vez, Jacqueline, de 81 anos, afirmou estar "transtornada com o drama" e sublinhou a importância de apoiar os familiares das vítimas através da oração e confiar as próprias vítimas à misericórdia de Deus".


A cerimónia foi celebrada pelo Bispo de Digne, Dom Jean-Philippe Nault, o mais jovem de França, de 49 anos, e tinha uma duração prevista de uma hora.


A análise da gravação dos sons do 'cockpit' do avião da Germanwings que se despenhou nos Alpes franceses na terça-feira concluiu que o piloto se ausentou do 'cockpit', provavelmente para usar a casa de banho, e foi impedido de voltar a entrar pelo copiloto, que bloqueou a porta.


Nesse período, o copiloto acionou deliberadamente o processo de descida do avião, ignorando as pancadas na porta, as tentativas de comunicação da torre de controlo e os alarmes do próprio aparelho.


O avião acabou por embater numa montanha, matando todas os 144 passageiros e seis tripulantes a bordo.

Lusa


  • "Às vezes o senhor primeiro-ministro irrita-me um bocadinho"
    2:05

    País

    O Presidente da República disse esta quinta-feira de manhã que António Costa é "irritantemente otimista" por teimar em "ver violeta-rosa onde há roxo". Marcelo Rebelo de Sousa recordou ainda Mário Soares numa aula no Colégio Moderno, em Lisboa.

  • Montenegro nunca será candidato contra Passos
    0:50
  • Cientistas testam útero artificial em cordeiros prematuros

    Mundo

    Um grupo de cientistas desenvolveu um útero artificial - o Biobag - que se assemelha a uma bolsa de plástico e que ajuda no desenvolvimento de cordeiros prematuros. O método foi testado nestes animais mas os cientistas do Hospital Pediátrico de Filadélfia, nos Estados Unidos, garantem que poderá vir a ser utilizado também em bebés que nascem prematuros.

  • Exame ao sangue descobre cancro um ano antes do reaparecimento

    Mundo

    Uma equipa de investigadores britânicos descobriu uma maneira de identificar o regresso do cancro, com um ano de antecedência. Através de um exame ao sangue, a equipa conseguiu identificar os primeiros sinais da doença, uma série de células invisíveis ao raio-X e à TAC. A descoberta pode vir a permitir tratar o cancro mais cedo e, como resultado, poderá aumentar as chances de o curar.

  • Casados há 69 anos, morrem de mãos dadas com 40 minutos de diferença

    Mundo

    Isaac Vatkin, de 91 anos, morreu cerca de 40 minutos depois de Teresa, de 89 anos, no passado sábado no Highland Park Hospital, no estado norte-americano Ilinóis. "Não queríamos que fossem embora, mas não podíamos pedir que partíssem de melhor maneira", afirmou o neto William Vatkin. O casal morreu no hospital poucos dias depois de celebrarem 69 anos de casados.

  • Trump cria linha de apoio a vítimas de "extraterrestres criminosos"

    Mundo

    Quando o Governo norte-americano usa o termo "extraterrestre criminoso", refere-se a alguém que não é cidadão dos Estados Unidos da América e que foi condenado por um crime. Quando a mesma expressão é usada pelos utilizadores do Twitter, o significado é completamente diferente. Os internautas pensam na série Ficheiros Secretos e em discos voadores. Por isso, o lançamento de uma linha telefónica, por parte da Casa Branca, para as vítimas de "extraterrestres criminosos" só podia dar em confusão.