sicnot

Perfil

Airbus cai nos Alpes

Airbus cai nos Alpes

Airbus cai nos Alpes

Identificação de vítimas pode ficar concluída esta semana

O presidente francês, François Hollande, afirmou hoje que é possível que esta semana fique concluída a identificação das vítimas do avião da Germanwings que se despenhou nos Alpes franceses.

© Gonzalo Fuentes / Reuters

"O ministro do Interior (Bernard Cazeneuve) confirmou que até ao final da semana é possível identificar todas as vítimas graças às amostras de ADN e a um trabalho científico excecional o que permitirá às famílias fazerem o seu luto", disse Hollande, numa conferência de imprensa conjunta com a chanceler alemã, Angela Merkel, após o 17.º conselho de ministros franco-alemão.

Hollande disse que a França e a Alemanha estão a trabalhar para melhorar e reforçar as regras sobre segurança aérea para que se evitem tragédias como a que ocorreu na semana passada com o avião da Germanwings.

A queda do avião da Germanwings, que efetuava a ligação de Barcelona (Espanha) a Dusseldorf (Alemanha), causou 150 mortos. 

O copiloto do aparelho, Andreas Lubitz, ficou fechado sozinho na cabine de comando, aproveitando uma breve ausência do comandante, e terá causado deliberadamente a queda do avião, de acordo com os investigadores, depois de analisadas as gravações recolhidas de uma das duas "caixas negras" a bordo.

A Germanwings é uma subsidiária da Lufthansa, companhia que anunciou hoje o cancelamento das comemorações do seu 60.º aniversário, previstas para dia 15.

Em comunicado, a Lufthansa indicou que em vez do evento planeado "vai providenciar a transmissão ao vivo para os seus empregados da cerimónia oficial na Catedral de Colónia a 17 de abril de 2015", na qual familiares e amigos irão recordar as vítimas.

Lusa

  • Negócios do Fogo
    22:00
  • Direção da Raríssimas na Madeira demitiu-se em setembro
    1:58

    País

    Três representantes da Raríssimas na ilha da Madeira demitiram-se, em setembro, de costas voltas para a direção. A delegação da instituição na ilha começou em 2015 e fechou com as três demissões. Em entrevista à SIC, uma das antigas delegadas afirmou que todos os fundos angariados foram para a sede, em Lisboa, ficando depois sem dinheiro para pagas as despesas.

  • Deputado do PSD recusa vice-presidência da Raríssimas
    1:58

    País

    Nas reações políticas ao caso da Raríssimas, o PSD e CDS dizem que é preciso acionar todos os mecanismos legais apropriados para averiguar a situação. O deputado social-democrata, Ricardo Baptista Leite, que tinha sido convidado recentemente para vice-presidente da instituição, diz que já não há condições para tomar posse.

  • Presidente da Câmara de Nova Iorque confirma "atentado terrorista falhado"
    0:29
  • Israel volta a bombardear posições do Hamas em Gaza

    Mundo

    O exército israelita voltou a bombardear esta segunda-feira posições do movimento Hamas na Faixa de Gaza em resposta ao lançamento de projéteis em direção a Israel pelas milícias palestinianas, informou um comunicado militar.

  • A brincadeira de um youtuber que podia ter acabado mal

    Mundo

    Um jovem youtuber inglês enfiou a cabeça num saco de plástico, prendeu-a na parte interna de um microondas e encheu depois o eletrodoméstico com cimento. A brincadeira, que podia ter acabado de forma trágica, deixou o jovem completamente preso e obrigou à intervenção dos serviços de emergência.

    SIC

  • "Popeye" russo pode ter que amputar braços

    Mundo

    Um jovem russo injetou um óleo no corpo para conseguir ter músculos, mais propriamente nos seus braços, que já cresceram cerca de 25 centímetros. Contudo, segundo um médico, o procedimento pode levar à necessidade de amputação, deixando o jovem sem os membros.