sicnot

Perfil

Airbus cai nos Alpes

Airbus cai nos Alpes

Airbus cai nos Alpes

Catedral de Colónia recebe cerimónia de homenagem às vítimas da tragédia nos Alpes

A Catedral de Colónia, na Alemanha, recebe esta sexta-feira uma cerimónia fúnebre de homenagem às vítimas da queda do avião da Germanwings.

A cerimónia acontece três semanas depois da queda do aparelho, nos Alpes franceses, que foi provocada pelo co-piloto. 150 pessoas morreram no desastre. (Arquivo)

A cerimónia acontece três semanas depois da queda do aparelho, nos Alpes franceses, que foi provocada pelo co-piloto. 150 pessoas morreram no desastre. (Arquivo)

© POOL New / Reuters

Mais de mil familiares e amigos são esperados na cerimónia, que vai contar também com a presença da elite política alemã. O presidente Joachim Gauck e a chanceler Angela Merkel já confirmaram a presença. 

França e Espanha vão estar representadas pelos respetivos ministros dos Transportes.

A cerimónia acontece três semanas depois da queda do aparelho, nos Alpes franceses, que foi provocada pelo co-piloto. 150 pessoas morreram no desastre.
  • Advogados de Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático
    2:13

    Operação Marquês

    Os advogados de José Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático e garantem que o antigo primeiro-ministro nunca favoreceu Ricardo Salgado ou o Grupo Espirito Santo. Segundo o Expresso, o presidente da Escom, Helder Bataglia, terá admitido que Ricardo Salgado utilizou uma conta bancária do empresário, na Suíça, para passar 12 milhões de euros a Carlos Santos Silva, alegadamente para o amigo José Sócrates.

  • Marcelo diz que é hora de valorizar o poder local
    0:40

    País

    O Presidente da República diz que este é o momento para valorizar o poder local. Sobre a descida da Taxa Social Única, Marcelo Rebelo de Sousa recusou comentar e negou que haja crispação politica entre Governo e oposição.

  • Marine Le Pen diz que Brexit terá efeito dominó na UE
    0:39

    Brexit

    Marine Le Pen diz que o Brexit vai ter um efeito dominó na União Europeia. Durante um congresso da extrema-direita, a líder da Frente Nacional francesa afirmou que a Europa vai despertar este ano em que estão marcadas eleições em vários países, como a Alemanha e a Holanda.