sicnot

Perfil

Almeida Santos 1926-2016

Almeida Santos 1926-2016

Almeida Santos 1926-2016

Jorge Coelho lamenta perda de amigo que "era uma referência gigantesca"

O ex-ministro e ex-dirigente do PS Jorge Coelho lamentou hoje a morte do seu "grande amigo" Almeida Santos, classificando-o como "uma referência para todos os que se reveem numa sociedade mais humana e solidária".

Lusa

Lusa

ANTONIO COTRIM

"Estou profundamente chocado com a morte de um grande, grande amigo, que deu tudo de si ao país e ao Partido Socialista e era uma referência gigantesca para todos os que se reveem numa sociedade mais humana e mais solidária", afirmou, em declarações à Lusa, Jorge Coelho, depois de ter tido conhecimento do falecimento de Almeida Santos.

Para o ex-ministro de governos socialistas, Almeida Santos "vai fazer muita falta, pelo seu bom senso e capacidade para encontrar soluções para as questões, também pelo respeito que as pessoas lhe tinham".

O presidente honorário do PS, António Almeida Santos, morreu na segunda-feira à noite, com 89 anos, em sua casa, em Oeiras, disse à agência Lusa fonte da família.

Almeida Santos, que completaria 90 anos a 15 de fevereiro, foi submetido por duas vezes a cirurgias cardiovasculares.

Lusa

  • Portugal supera média da OCDE nos testes PISA em ciências e leitura

    País

    Pela primeira vez, Portugal conseguiu resultados "significativamente superiores" à média da OCDE nos testes PISA em ciências e leitura. É o Instituto de Avaliação Educativa que o garante, segundo os dados da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico hoje divulgados.

  • Quando se confunde o pedal do travão com o acelerador
    0:38

    Mundo

    Na China, chegam imagens de um acidente fora do normal. Um homem parou o carro e saiu para cumprimentar um amigo. Enquanto conversavam, a viatura começou a descair lentamente. O condutor correu de imediato para o carro. Com as mãos já no volante, tentou evitar o pior mas em vez de carregar no travão, carregou no acelerador.

  • Parkinson pode ter início nos intestinos

    Mundo

    Um novo estudo científico vem revelar que a doença de Parkinson pode não estar apenas no cérebro. A doença pode ter início nos intestinos e mais tarde migrar para o cérebro.