sicnot

Perfil

Almeida Santos 1926-2016

Almeida Santos 1926-2016

Almeida Santos 1926-2016

Último ato político de Almeida Santos foi o apoio a Maria de Belém nas presidenciais

O presidente honorário do PS, Almeida Santos, que hoje morreu aos 89 anos, fez a sua última intervenção política num almoço de apoio à candidatura presidencial da socialista Maria de Belém, em Coimbra.

MIGUEL A. LOPES

Um dia antes de morrer, António de Almeida Santos afirmou que se Maria de Belém Roseira sair derrotada das eleições presidenciais de 24 de janeiro, da próxima vez "ganha ela".

"Não será a última vez que me ouvireis, a próxima vez que a Maria de Belém se candidatar eu cá estarei com ela, porque nessa altura já vai ser muito difícil derrotá-la, muito difícil. Lembrem-se disso do que eu vos digo hoje: se não ganhar desta vez, não sei se ganha se não, da próxima ganha ela", afirmou Almeida Santos, num almoço na Figueira Foz, no distrito de Coimbra.

O ex-ministro de Mário Soares e antigo presidente da Assembleia da República disse que sua presença no almoço da candidatura, este domingo, foi "uma homenagem muito sincera" a Maria de Belém, de quem é "muito amigo".

Lembrando que até agora só uma vez uma mulher se tinha candidatado à Presidência da República - Maria de Lurdes Pintassilgo, em 1986 - Almeida Santos disse ter uma "identificação completa" com a candidatura da antiga ministra com as pastas da Saúde e da Igualdade nos Governos de António Guterres.

António Almeida Santos, que completaria 90 anos a 15 de fevereiro, faleceu na segunda-feira em sua casa, em Oeiras, pouco antes das 00:00, disse a mesma fonte.

O presidente honorário do Partido Socialista, que foi submetido por duas vezes a cirurgias cardiovasculares, sentiu-se mal após o jantar e foi ainda assistido ainda na sua residência.

Lusa

  • Portugal inicia preparação para o Mundial sem Cristiano Ronaldo

    Rumo ao Mundial 2018

    A seleção portuguesa de futebol começa hoje a preparar a participação no Mundial2018, que arranca em 14 de junho, na Rússia, com um treino na Cidade do Futebol, em Oeiras, numa sessão em que são esperadas algumas ausências. O capitão Cristiano Ronaldo, que vai disputar no sábado a final da Liga dos Campeões com o Real Madrid, é baixa certa no arranque dos trabalhos, mas não deve ser o único.

  • Hoje é notícia

    País

    Esta terça-feira realiza-se o funeral do antigo ministro António Arnaut na Figueira da Foz. Em Sintra está previsto o início do julgamento dos 17 agentes da PSP acusados de agredirem jovens da Cova da Moura, concelho da Amadora, no interior da esquadra de Alfragide. Em Oeiras, a seleção portuguesa de futebol começa hoje a preparar a participação no Mundial2018.

  • "Claramente que há mandantes e que foi uma operação organizada"
    4:14

    Crise no Sporting

    Os 23 detidos por suspeitas de terem participado no ataque à Academia de Alcochete ficaram em prisão preventiva. Miguel Sousa Tavares considera que a decisão "é mais para ser exemplar". O comentador da SIC acredita que há mandantes e que esta foi uma "operação organizada". Sousa Tavares diz ainda que os "políticos não têm coragem para impor as leis" e que em Portugal "brinca-se com a lei".

    Miguel Sousa Tavares

  • "Sempre nos disseram que bastava o Aves ganhar para estar na Liga Europa"
    0:34

    Desporto

    O Presidente da SAD do Desportivo das Aves garante que não houve esquecimento ou atraso na inscrição do clube na Liga Europa. Luiz Andrade afirma que sempre lhe disseram que bastava vencer a Taça de Portugal para marcar presença na competição e que ainda não sabe se o clube pode ou não jogar a fase de grupos da competição europeia.

  • "Fui violada por Harvey Weinstein aqui em Cannes"
    1:02

    Cultura

    A cerimónia de encerramento do Festival de Cinema de Cannes ficou ainda marcada pelo discurso de Asia Argento. A atriz italiana que acusou Harvey Weinstein de a ter violado justamente numa das edições do festival de Cannes, e que há mais abusadores à solta.

  • As primeiras imagens das quatro crias da lince Malva
    0:20