sicnot

Perfil

Arábia Saudita-Irão

Arábia Saudita-Irão

Arábia Saudita-Irão

Quarenta detidos após ataque contra embaixada da Arábia Saudita em Teerão

Quarenta pessoas foram presas após o ataque contra a embaixada da Arábia Saudita na noite de sábado para domingo em Teerão, anunciou o procurador da capital iraniana, Abbas Jafari Dolatabadi.

© Reuters Photographer / Reuter

"Até agora, 40 pessoas que estão dentro da embaixada foram identificadas e presas. A investigação está em curso para identificar outros responsáveis por este incidente", disse o procurador, citado pela agência iraniana ISNA.

A embaixada saudita em Teerão foi atacada por manifestantes que protestavam contra a execução na Arábia Saudita do clérigo xiita Nimr Baqer al-Nimr, segundo a ISNA.

De acordo com a agência, os manifestantes lançaram 'cocktails Molotov' contra a embaixada da Arábia Saudita na capital do Irão e forçaram a entrada na representação diplomática, tendo sido depois obrigados a recuar pela polícia.

Nimr al-Nimr, que passou mais de uma década a estudar teologia no Irão, foi um dos 47 xiitas e sunitas executados após condenação por terrorismo na Arábia Saudita.

Al-Nimr foi o impulsionador dos protestos xiitas contra o Governo saudita desde 2011.

Lusa

  • Coreia do Norte foi "isolada à força"

    Mundo

    O empresário espanhol León Smit, que organiza visitas à Coreia do Norte, diz que o país foi "isolado à força", sendo "muito difícil" estabelecer relações comerciais com Pyongyang, sob o regime de Kim Jong-un.

  • Fuga de Vale de Judeus em junho de 1975 no Perdidos e Achados
    0:36

    Perdidos e Achados

    Prisão Vale de Judeus, final de tarde de domingo, dia 29 de junho de 1975. O plano da fuga terá sido desenhado por uma vintena de homens. Serrada a presiana metálica era preciso passar, para fora do edifício, as cabeceiras dos beliches onde os presos dormiam. Ao longo de cerca de uma hora 89 detidos, agentes da PIDE/DGS, a Polícia Internacional e de Defesa do Estado português extinta depois da revolução de 1974, fogem do estabelecimento prisional.

    Segunda-feira no Jornal da Noite