sicnot

Perfil

Arábia Saudita-Irão

Arábia Saudita-Irão

Arábia Saudita-Irão

Teerão acusa Riade de ataque a embaixada iraniana no Iémen

O Irão acusou hoje a aviação saudita de bombardear "deliberadamente" a sua embaixada no Iémen na quarta-feira à noite, provocando ferimentos entre o pessoal, e decidiu proibir a entrada de todos os produtos sauditas no Irão. Riade já anunciou que vai investigar o sucedido.

Combatente xiita Huti em Sanaa.

Combatente xiita Huti em Sanaa.

Hani Mohammed / AP

"Esta ação deliberada da Arábia Saudita é uma violação de todas as convenções internacionais que protegem as missões diplomáticas (...) e o Governo saudita é responsável pelos estragos causados e pelos ferimentos no pessoal", acusou o porta-voz do Ministério dos Negócios Estrangeiros iraniano, Hossein Jaber Ansari, citado pela televisão estatal e que a agência France Press divulga.

"A República Islâmica do Irão reserva-se o direito de defender os seus direitos neste assunto", acrescentou. O Irão anunciou entretanto que proíbe a entrada de todos os produtos sauditas.

Testemunhas na capital Sanaa ouvidas pela agência Reuters afirmam que a embaixada iraniana não foi atingida.

Riade já reagiu dizendo que vai investigar estas acusações. O porta-voz da coligação liderada pela Arábia Saudita, o Brigadeiro-general Ahmed Asseri afirmou ter pedido a vários países a localização exacta das suas missões diplomáticas e lembrou que as acusações feitas com base em informações fornecidas pelos Hutis [combatentes xiitas]"não têm credibilidade".

  • As primeiras decisões do Presidente Trump
    1:39
  • "Há sobretudo um fosso entre o discurso que Trump faz e os de Obama"
    6:13

    Opinião

    Cândida Pinto e Ricardo Costa analisaram a tomada de posse de Donald Trump. O diretor de informação da SIC disse que o discurso de Trump "mexe com a sua base de apoio" e defende que "a grande questão não vai ser a relação com a Rússia, mas sim com a China". Já a Editora de internacional disse que o discurso foi "voltado para dentro, nacionalista, partidarista, com ataque à elite de Washington".

    Ricardo Costa e Cândida Pinto

  • Celebridades protestam contra Trump
    3:00

    Mundo

    Tem sido assim desde a campanha e continua. Grande parte da comunidade de artistas não está nada contente com o Presidente eleito. Vários artistas aproveitaram o dia da tomada de posse para se reunirem em Nova Iorque e protestarem contra Donald Trump.

  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.

  • Cantora brasileira conhecida pela "Lambada" terá sido assassinada
    1:25

    Mundo

    Terá sido assassinada a cantora brasileira conhecida em Portugal pela "lambada", um ritmo que marcou o fim dos anos 90. Foi encontrada carbonizada dentro do próprio carro depois de assaltada em casa. Três suspeitos suspeitos do homicídio da cantora Loalwa Braz foram já detidos.