sicnot

Perfil

Assalto em Tancos

Não houve diligências no terreno após denúncia sobre risco de assalto a instalações militares

Não houve diligências no terreno após denúncia sobre risco de assalto a instalações militares

A Procuradoria-Geral da República foi avisada de que havia risco de assaltos a instalações militares. Apesar de ter sido aberta há vários meses uma investigação, não chegou a haver diligências no terreno. As portas arrombadas dos paióis de Tancos não eram blindadas e a rede exterior tinha dois buracos. Este problema já tinha cabimento orçamental a 24 de março, mas o ok de Azeredo Lopes só foi dado dois meses depois, a 5 de junho. Em comunicado, o Ministério da Defesa esclareceu que este tempo serviu para atestar que as regras de contratação cumpriam a lei.

  • Chefe do Estado-Maior do Exército sente-se "humilhado"
    1:12

    Assalto em Tancos

    O chefe do Estado-Maior do Exército disse que encontrou erros inadmissíveis no comando de Tancos, de onde foi roubado armamento de guerra, e que não havia responsabilidades políticas, mas sim militares. Rovisco Duarte prestou esta quinta-feira esclarecimentos aos deputados à porta fechada, onde disse que se sentia "humilhado" pelas falhas que aconteceram na instituição que lidera.

  • PJ avisou em 2016 sobre a hipótese de desvio de armas em Tancos
    1:59

    Assalto em Tancos

    A Polícia Judiciária avisou em 2016 sobre a possibilidade de estarem a ser desviadas armas de quartéis. Numa operação, que desmantelou uma rede de tráfico de armas, onde estava envolvido um sargento-chefe dos Paraquedista de Tancos, foi apreendido diverso material só disponível nas Forças Armadas, algum coincide com o equipamento agora dado como roubado.

  • Sr. Presidente, ponha ordem no paiol!

    Opinião

    O assalto a Tancos e a tragédia de Pedrógão vieram interromper a marcha triunfal de António Costa. Mostraram um governo descoordenado e frágil na reação à crise. E um primeiro-ministro que, em vez de dar a cara, preferiu manter-se nas areias quentes de Palma de Maiorca. Marcelo mostrou-se ao comando. E distribui recados. De cima a baixo, tudo tem de ser investigado. A fatura virá mais tarde?

  • Marcelo recusa ligação entre presença em eventos militares e roubo em Tancos
    0:56

    Assalto em Tancos

    O Presidente da República recusou esta quarta-feira qualquer ligação entre a sua presença nos eventos militares dos últimos dias e o polémico roubo em Tancos. As declarações de Marcelo Rebelo de Sousa foram proferidas à saída de uma cerimónia em Coimbra, para assinalar o aniversário da Brigada de Intervenção, depois de questionado pelos jornalistas sobre a necessidade de demonstrar confiança nas chefias militares.

  • Presidente do Tondela diz que clube foi humilhado
    1:26

    Desporto

    O presidente do Tondela participou esta segunda-feira na conferência de imprensa após o jogo da 23.ª jornada da I Liga com o Sporting. Gilberto Coimbra criticou o árbitro do encontro João Capela, e diz que o tempo de compensação dado a mais foi por uma falta que não foi assinalada sobre um jogador do Tondela, Bruno Monteiro.

  • Último golo do Sporting ao Tondela "é legal e limpinho" 
    0:41

    Desporto

    Jorge Jesus entende que a vitória desta segunda-feira do Sporting frente ao Tondela não merece contestação e destaca o facto de o árbitro ter avisado os jogadores que iria prolongar o tempo extra. Para o treinador dos leões, o golo no minuto 99' é legal. 

  • Deputados pedem medidas urgentes para travar exploração de urânio junto à fronteira
    3:06

    País

    Um projeto de exploração de urânio no município de Retortilho em Salamanca, a cerca de 40 quilómetros da fronteira portuguesa, está a causar preocupação nos dois países. Portugueses e espanhóis temem o risco de contaminação por via aérea e fluvial. Deputados portugueses visitaram o local, onde pediram medidas firmas e urgentes ao Governo para travar o projeto. As autoridades de Espanha não acionaram o mecanismo de avaliação ambiental partilhada.

  • Mulher enterrada viva no Brasil
    1:13

    Mundo

    Uma mulher de 37 anos terá sido enterrada viva no oeste da Bahia, no Brasil. A certidão de óbito aponta um choque séptico como a causa da morte, mas os ferimentos com que foi encontrada no interior do caixão indicam um possível erro. Os moradores de casas vizinhas do cemitério municipal onde Rosângela dos Santos foi enterrada ouviram gritos vindos do túmulo.

  • "Os Estados Unidos são uma sociedade de pistoleiros"
    3:47
  • Trump desafia Oprah a candidatar-se para ser derrotada

    Mundo

    Apesar de Oprah Winfrey ter excluído uma eventual candidatura às eleições presidenciais dos Estados Unidos da América, Donald Trump ainda não se esqueceu dos rumores e desafiou a apresentadora a candidatar-se em 2020. Através do Twitter, o Presidente norte-americano disse ainda que assim poderia ser "exposta e derrotada como todos os outros".

    SIC