sicnot

Perfil

Assalto em Tancos

Jerónimo de Sousa acusa PSD e CDS no assalto em Tancos

Jerónimo de Sousa acusa PSD e CDS no assalto em Tancos

O secretário-geral do PCP acusou o PSD e o CDS de terem contribuído para as falhas que levaram ao roubo de armamento militar em Tancos. Jerónimo de Sousa diz que o Governo anterior foi responsável por políticas contrárias ao interesse nacional.

  • Pedro Nuno Santos diz que Governo está a passar por momento mais difícil de sempre
    1:25

    Tragédia em Pedrógão Grande

    Pedro Nuno Santos diz que as demissões de ministros não resolvem os problemas. Numa entrevista à Rádio Renascença e ao jornal Público, o secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares responde assim às críticas da oposição. Admite que o Governo está a passar pelo momento mais difícil de sempre mas considera que as férias do primeiro-ministro não representam um problema.

  • Não houve diligências no terreno após denúncia sobre risco de assalto a instalações militares
    1:53

    Assalto em Tancos

    A Procuradoria-Geral da República foi avisada de que havia risco de assaltos a instalações militares. Apesar de ter sido aberta há vários meses uma investigação, não chegou a haver diligências no terreno. As portas arrombadas dos paióis de Tancos não eram blindadas e a rede exterior tinha dois buracos. Este problema já tinha cabimento orçamental a 24 de março, mas o ok de Azeredo Lopes só foi dado dois meses depois, a 5 de junho. Em comunicado, o Ministério da Defesa esclareceu que este tempo serviu para atestar que as regras de contratação cumpriam a lei.

  • Famílias das vítimas de Pedrógão criam associação para apurar responsabilidades
    2:13
  • Polícias ameaçam com protestos no arranque do campeonato
    1:24

    País

    Os agentes da PSP ameaçam boicotar a presença nos jogos do campeonato da Primeira e Segunda ligas que começam em 15 dias. Os agentes colocam em causa o atual modelo de policiamento no futebol, que faz com que muitos dos profissionais da PSP trabalhem sem remuneração em dia de folga.

  • 700 milhões para armamento e equipamento militar
    1:16

    País

    Portugal vai investir nos próximos anos 700 milhões de euros em armas e equipamento militar. Segundo a imprensa de hoje, o objetivo é colocar algumas áreas das Forças Armadas a um nível similar ao dos outros aliados da NATO. É o maior volume de programas de aquisição dos últimos anos e parte das verbas vão beneficiar a indústria portuguesa que fabrica aviões, navios-patrulha, rádios e sistemas de comando e controlo.

  • Princesa Diana morreu há 20 anos. Filhos falam pela 1ª vez da intimidade
    1:15