sicnot

Perfil

Ataque em Berlim

Hollande garante que ameaça elevada de terrorismo em França tem vigilância adequada

© Philippe Wojazer / Reuters

A França enfrenta "um nível alto de ameaça" terrorista e responde com um plano de vigilância "também particularmente elevado", afirmou hoje o Presidente francês, François Hollande, um dia depois de um atentado a um mercado de Natal em Berlim.

"Temos um nível alto de ameaça e temos um nível e um plano de mobilização e de vigilância também particularmente elevados", declarou o chefe de Estado, expressando novamente a sua solidariedade com a Alemanha.

Pelo menos 12 pessoas morreram e 48 ficaram feridas quando um camião irrompeu na segunda-feira à noite contra um mercado de Natal no centro de Berlim.

A chanceler Angela Merkel disse hoje que as autoridades alemãs acreditam que "se tratou de um ataque terrorista", aparentemente realizado por um requerente de asilo.

Em 2015 e 2016, a França foi palco de vários atentados mortíferos, entre os quais um ataque em Nice (sudeste) com um camião lançando sobre uma multidão, que comemorava o dia nacional francês e que causou 86 mortos e mais de 430 feridos.

"Quero exprimir aqui em nome da França a nossa solidariedade e compaixão em relação à Alemanha, que acaba de ser atingida por um atentado terrorista em Berlim", disse François Hollande.

Precisou que hoje à tarde expressará diretamente à chanceler Angela Merkel o seu "apoio".

"A França sabe o que representa um ataque terrorista, o que ele pode provocar de desolação e tristeza e como devemos estar unidos. Isto aplica-se a um país quando é atingido, a toda a Europa e mesmo a todo o mundo face à ameaça terrorista", sublinhou.

Hollande disse que em França já tinham sido dadas instruções para tornar seguros os locais onde se concentram pessoas, nomeadamente os mercados de Natal.

O mercado de Natal nos Campos Elíseos encontrava-se entre uma dezena de possíveis alvos visados por seis homens detidos recentemente em França, que planeavam um atentado na região parisiense no dia 01 de dezembro.

Lusa

  • Administrador recebia 420 mil € por ano quando aldeamento passava dificuldades
    4:39
  • Estudante português desaparecido no mar Báltico

    País

    Um jovem português de 21 anos desapareceu na segunda-feira, dia 13 de novembro, enquanto fazia uma viagem de cruzeiro entre a cidade finlandesa de Helsínquia e a capital da Suécia, Estocolmo. As autoridades locais fizeram buscas na madrugada em que Diogo Penalva caiu ao mar Báltico, por volta das duas da manhã.

  • "Estamos vivos"
    11:41
  • Notas e moedas têm os dias contados?
    6:27
  • Paris inaugura primeiro restaurante naturista

    Mundo

    Para entrar, é preciso retirar a roupa e apenas as mulheres podem permanecer calçadas. O primeiro restaurante naturista de Paris abriu em novembro para responder a uma necessidade em França, principal destino do mundo para os praticantes de nudismo.

  • Peru faz aparição especial na Casa Branca
    1:10

    Mundo

    Os norte-americanos estão a preparar-se para o tradicional Dia de Ação de Graças, assinalado na próxima quinta-feira. O tradicional peru fez esta terça-feira uma aparição especial na sala de conferências de imprensa, na Casa Branca, em Washington. O peru é o prato tradicional no Dia de Ação de Graças, uma data de louvor a Deus, que remonta ao século XVII e que é celebrada na quarta quinta-feira de novembro, sobretudo nos Estados Unidos da América e no Canadá.

  • Sara Sampaio brilha em Xangai
    1:50