sicnot

Perfil

Ataque em Berlim

Apesar do medo, mercados de Natal de Berlim reabrem após ataque

© Andrew Kelly / Reuters

As luzes coloridas, o cheiro do vinho quente e das amêndoas doces voltam a trazer o espírito do Natal a Berlim, com a reabertura dos mercados natalícios na capital alemã, dois dias após o ataque terrorista que matou 12 pessoas.

Apesar das músicas de Natal entoarem pelas ruas de Berlim, a investida de um camião que abalroou um mercado de Natal na noite de segunda-feira em Berlim, matando 12 pessoas e ferindo 48, é o tema de conversa entre os berlinenses.

"Claro que agora penso duas vezes antes de ir a um mercado" disse Annika à agência Lusa em Berlim, acrescentando que apesar do medo está presente.

A alemã, que partilha castanhas quentes com os colegas no famoso mercado Gendarmenmarkt, disse ter ficado "chocada" com o atentado na Breitscheidplatz e espera que a Alemanha "consiga seguir em frente".

A polícia reforçou as medidas de segurança pelos mercados de Natal da cidade, com instalação de barreiras protetoras e presença de guarda armada.

Hajnal Szolga, vendedora no mercado de Potsdamer Platz, disse sentir menos movimento no local mas acha que é uma questão de tempo até "tudo voltar ao normal".

"Eu pessoalmente sinto alguma tristeza e medo e penso nos meus colegas vendedores que testemunharam o ataque", referiu, acrescentando que "as pessoas não vão ficar em casa".

Os turistas vão passeando despreocupados pelos mercados que são um símbolo do Natal alemão.

Shirley, da Palestina, considera os mercados "imperdíveis e amorosos" e garantiu não ter receio de visitá-los, confidenciando que a família "ficou com medo".

A francesa Johanna está de visita a uma amiga na capital alemã e não esconde que as parecenças com os atentados em França são inegáveis.

"Tenho um sentimento de "déjà-vu". Faz lembrar o ataque de Paris, estamos solidários. Mas temos de perceber que não é o fim. Os terroristas querem que tenhamos medo, que fiquemos em casa mas não podemos, estamos aqui. E é Natal", disse à agência Lusa em Berlim.

Johanna ficou satisfeita por ver "que as pessoas continuam as suas vidas, não querem ficar em casa", deixando uma mensagem aos alemães: "coragem".

Durante a época do Natal, a capital alemã tem mais de 50 mercados espalhados por toda a cidade.

Na segunda-feira à noite, um camião abalroou uma multidão que se encontrava no mercado de Natal de Breitscheidplatz, na zona de Charlottenburg, na capital alemã, matando 12 pessoas e ferindo 48.

A organização extremista Estado Islâmico reivindicou a autoria do atentado.

As autoridades alemãs estão em alerta máximo, uma vez que o suspeito se encontra possivelmente armado.

Lusa

  • Deputado do PS abandona partido e pode colocar em causa maioria parlamentar
    2:28

    País

    Domingos Pereira foi eleito pelo círculo de Braga. Agora, vai demitir-se do Partido Socialista e entregar o cartão de militante. Contudo, mantém-se no Parlamento, passando assim a deputado independente na Assembleia da República. Pode estar em causa a maioria parlamentar quando o PCP se abstiver.

    Notícia SIC

  • Pedro Dias recusou mostrar caligrafia
    2:29

    País

    Pedro Dias forneceu esta segunda-feira ADN aos peritos do laboratório da polícia científica. O suspeito dos crimes de Aguiar da Beira também foi intimado a entregar amostras da própria caligrafia, mas recusou fazê-lo.

  • Autoridades italianas prosseguem buscas por desaparecidos em avalancha
    0:54
  • "O México não acredita em muros"
    0:45

    Mundo

    Em resposta a Donald Trump, o Presidente mexicano diz que o país não acredita em muros, mas em pontes. Enrique Peña Nieto diz ainda que o México vai procurar dialogar com os Estados Unidos sem confrontos, mas também sem submissão.

  • Carolina do Mónaco celebra o 60.º aniversário
    2:13

    Mundo

    Carolina do Mónaco celebra esta segunda-feira o 60.º aniversário. Em 60 anos, foi criança mediática, jovem rebelde e, agora, matriarca sem ser rainha. Carolina do Mónaco nunca saiu das revistas, por ser filha de Grace Kelly e Rainier do Mónaco, por ter somado namorados pouco recomendáveis para princesas, por ter perdido o pai dos seus filhos num terrível acidente.

  • Ator morre baleado durante gravações de videoclip na Austrália

    Mundo

    Um ator morreu depois de ter sido baleado durante as gravações de um videoclip da banda Bliss n Eso, na cidade australiana de Brisbane. A vítima foi identificada como Johann Ofner, de 28 anos. O homem chegou a receber a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos.