sicnot

Perfil

Ataque em Berlim

Prosseguem as buscas pelo suspeito do atentado em Berlim

Prosseguem as buscas pelo suspeito do atentado em Berlim

Na Alemanha a polícia terá encontrado impressões digitais do tunisino suspeito do atentado, dentro do camião. Por todo o país está montada uma verdadeira caça ao homem. A polícia está a oferecer uma recompensa a quem der informações que consuzam à sua captura. Na Tunísia os irmãos do suspeito, Abdelkader e Walid, dizem estar chocados com o ato do irmão.

  • Polícia alemã faz buscas mas nega detenções

    Ataque em Berlim

    A polícia alemã nega as notícias avançada esta manhã que apontavam para a detenção de quatro pessoas relacionadas com o atentado desta segunda-feira em Berlim, que matou 12 pessoas e feriu 48. A polícia confirma apenas que houve buscas, esta noite, em dois apartamentos da capital do país. Foi entretanto revelado que foram encontradas impressões digitais do suspeito tunisino no camião.

  • Terceiro suspeito do ataque em Berlim ainda em fuga
    2:42

    Ataque em Berlim

    O Governo alemão aprovou esta quarta-feira legislação para reforçar a vigilância eletrónica em locais públicos, mesmo que se trate de eventos organizados por privados. É agora procurado um terceiro suspeito do ataque em Berlim, que tem um mandado de captura europeu.

  • Os números das eleições francesas
    0:50

    Eleições França 2017

    Os resultados definitivos mostram que Emmanuel Macron obteve 24% dos votos, na primeira volta das eleições francesas. Ficou quase três pontos à frente de Marine Le Pen, que conseguiu 21,3%. Os números oficiais, publicados pelo Ministério do Interior, dão ainda conta da taxa de abstenção: 22,2%, um ligeiro aumento face à primeira volta das presidenciais de 2012.

  • Estarão os portugueses a consumir vitamina D em excesso? 
    6:44
  • Investigadores criam nanovacina contra diferentes cancros

    Mundo

    Investigadores da Universidade do Texas, nos Estados Unidos, desenvolveram uma nanovacina (vacina administrada através de partículas microscópicas) contra diferentes cancros, como o da pele, do cólon e do reto, numa experiência com ratos, revela um estudo publicado esta segunda-feira.