sicnot

Perfil

Ataque em Berlim

Suspeito do ataque em Berlim abatido em Milão

Suspeito do ataque em Berlim abatido em Milão

São imagens do local onde foi abatido o suspeito do ataque em Berlim. Anis Amri, 24 anos, foi surpreendido numa operação de rotina da polícia de Milão. O comportamento de Anis chamou a atenção das autoridades.

O suspeito do atentado de Berlim foi hoje morto a tiro em Milão, no norte de Itália, noticiaram meios de comunicação italianos.

O suspeito foi abatido numa troca de tiros com a polícia italiana, na zona de Sesto San Giovanni, durante um controlo policial.

A agência noticiosa italiana ANSA afirmou que o homem puxou de uma arma que levava na sua mochila depois de a polícia ter pedido a identificação.

O homem foi abatido depois de disparar. Um polícia ficou ferido.

A ANSA acrescentou que várias fontes em Milão e Roma confirmaram tratar-se de Anis Amri, o suspeito do ataque com um camião em Berlim.

Na quinta-feira, o ministro do Interior alemão, Thomas de Maizière, informou que o tunisino Anis Amri era, "com alta probabilidade", o autor do atentado de Berlim, de acordo com provas adicionais recolhidas no camião do ataque.

Pelo menos 12 pessoas morreram e 48 ficaram feridas no atentado contra um mercado de Natal, na segunda-feira, na capital alemã.

  • Cinco anos depois do incêndio na Serra do Caldeirão
    5:24
  • Destaques económicos que marcaram a semana
    2:03

    Economia

    A semana ficou marcada pela tragédia provocada pelos incêndios no centro do país. No entanto importa olhar para o que se passou noutras áreas e fazer um resumo das notícias relacionadas com a economia. 

  • Martin Schulz ataca Merkel a três meses das legislativas

    Mundo

    O social-democrata alemão Martin Schulz passou este domingo à ofensiva, a três meses das eleições legislativas, ao acusar Angela Merkel de "arrogância" e de sabotar a "democracia", quando as sondagens apontam para uma larga vantagem da chanceler da Alemanha.

  • Martha, a cadela mais feia do mundo
    0:42

    Mundo

    A cadela Martha, de raça mastim napolitano ficou em primeiro lugar na edição anual do concurso que elege os cães mais feios do mundo. A cadela tem três anos, pesa 57 quilos e foi resgatada pela dona quando estava praticamente cega. Acabou por recuperar a visão depois de várias operações. Martha e a dona receberam um prémio de 1.500 dólares e uma viagem a Nova Iorque para marcarem presença em programas de televisão.