Ataque em Manchester

Abedi fabricou "sozinho" a bomba que fez explodir em Manchester  

Imagens de videovigilância momentos antes de Salman Abedi accionar a bomba.

Greater Manchester Police

O suspeito da autoria do atentado suicida em Manchester fabricou "sozinho" a bomba que fez explodir após o concerto de Ariana Grande. De acordo com a polícia britânica, Salman Abedi comprou a maioria dos componentes necessários para fabricar o engenho explosivo que matou 22 pessoas e feriu mais de 70, na maioria adolescentes que assistiam ao concerto na Manchester Arena.

A maioria das deslocações e ações de Salman Abedi nos quatros dias que anteciparam o ataque indicam que "realizou sozinho" a tarefa de fabricar a bomba, indicou à BBC Russ Jackson, responsável da unidade de combate ao terrorismo.

Os três indivíduos que foram detidos esta terça-feira por suspeita de licações ao atentado de Manchester já foram libertados, sem qualquer acusação.

Russ Jackson referiu também que as investigações mais recentes se centraram nos últimos movimentos de Abedi.

A polícia pesquisou as imagens do jovem obtidas através de alguns sistemas de videovigilância, nomeadamente em lojas onde se deslocou, bem como chamadas telefónicas que fez nos dias antes do ataque suicida.

As autoridades consideram de "vital importância" que se tenha a certeza que este atentado tenha sido planeado e realizado apenas por Abedi, excluindo a possíbilidade de ter contado com uma rede de apoio na organização do ataque terrorista.

No total, 16 pessoas foram detidas no âmbito da investigação ao atentado de 22 de maio. Cinco foram entretanto libertadas sem acusação, 11 continuam sob custódia.

  • "Eu disse 'seria' quando queria dizer 'não seria'"
    1:34
  • "Não deveria ter aceitado jogar naquela final"
    1:40

    Desporto

    Jorge Jesus abordou os incidentes de Alcochete e da final da Taça de Portugal, pela primeira vez. Em entrevista à Bola TV, o treinador português, agora no Al Hilal da Arábia Saudita, falou do medo que viveu naqueles momentos. Jorge Jesus disse também que não fecha a porta a nenhum clube em Portugal.

  • Santana diz que a concorrência é livre
    0:52

    País

    Santana Lopes sublinha que quer causar o menor dano possível ao PSD com a criação de um novo partido. O antigo primeiro-ministro diz no entanto que, apesar disso, a concorrência é livre. Isto depois de um estudo feito pela Eurosondagem mostrar que 4,8% dos inquiridos votaria num novo partido de Santana Lopes. O político diz que o número é inspirador, mas não adianta certezas sobre os próximos passos.

  • Marcelo volta a levantar dúvidas sobre 2.º mandato
    2:11
  • Marcelo acredita na livre circulação no espaço da CPLP
    0:45

    País

    O Presidente da República que avançar na proposta da mobilidade de cidadãos no espaço da CPLP. Na noite de terça-feira, no discurso que fez na abertura da Cimeira de Cabo Verde, Marcelo não esqueceu as mudanças no sentido da democracia e valores que se concretizaram desde a última cimeira, em Brasília, há dois anos.

  • Veleiro preso em cabos elétricos na Ria de Aveiro
    1:39

    País

    O mastro de um veleiro embateu e ficou preso num cabo elétrico. O incidente, sem consequências para a tripulação de nacionalidade dinamarquesa ocorreu, ao fim da tarde de terça-feira, na ria de Aveiro.