sicnot

Perfil

Ataque em Munique

Ataque em Munique

Ataque em Munique

Primeiros-ministros da Bélgica e Luxemburgo horrorizados com tiroteio em Munique

​Os primeiros-ministros Charles Michel, da Bélgica, e Xavier Bettel, do Luxemburgo, manifestaram-se "horrorizados" pelo "trágico" tiroteio que aconteceu no centro comercial Olympia em Munique, na Alemanha.

"Profundamente horrorizado. Eu condeno nos termos mais fortes este ataque covarde e vil em Munique", disse Michel numa mensagem na rede social Twitter.

O seu homólogo luxemburguês partilhou na mesma rede social que se encontra "sem palavras e horrorizado pelo trágico acontecimento em Munique".

"Os meus pensamentos estão com as famílias e os próximos das vítimas", afirmou Bettel.

Segundo fontes policiais os três homens armados encontram-se ainda em fuga e existem pelo menos oito mortos do tiroteio no centro comercial.

Segundo um porta-voz policial existe um número indeterminado de feridos, vários deles em estado grave.

  • Luís Pina indiciado por quatro crimes de tentativa de homicídio
    2:24
  • Ministro "mais descansado" com relatório sobre Almaraz, ambientalistas contestam
    2:01

    País

    O ministro do Ambiente diz estar mais descansado depois de conhecer o relatório técnico que considera o armazém de resíduos nucleares em Almaraz uma solução adequada. Já as associações ambientalistas e os partidos criticam o parecer positivo à construção e querem ouvir os ministros do Ambiente e dos Negócios Estrangeiros no Parlamento.

  • Marcelo recebido por multidão na Ovibeja
    2:52
  • Líderes europeus unidos para iniciar saída do Reino Unido
    2:08
  • 100 dias de Trump em 04'30''
    4:33

    Pequenas grandes histórias

    Donald Trump tomou posse como 45º Presidente dos EUA dia 20 de janeiro de 2017, faz este sábado, 100 dias. Prometeu grandes mudanças, mas os planos acabaram por chocar de frente com a realidade e a burocracia de Washington, como foi o caso do Obamacare. Foi a primeira ordem executiva que assinou, no dia em que tomou posse, mas a revogação está longe de acontecer.