sicnot

Perfil

Ataque em Munique

Ataque em Munique

Ataque em Munique

Torre Eiffel veste bandeira alemã pelas vítimas de Munique

IAN LANGSDON

A Torre Eiffel em Paris foi iluminada este sábado com as cores da bandeira alemã, um dia depois de nove pessoas terem morrido, baleadas por um adolescente germano-iraniano em Munique.

O autor do ataque, um jovem alemão-iraniano de 18 anos, sofreria de problemas psicológicos e não teria ligação com o jihadismo islâmico, segundo a polícia alemã.

O agressor acabou por se suicidar depois do tiroteio, mas deixou ainda 27 feridos, três deles em estado grave.

  • Atirador de Munique tinha obsessão por massacres
    3:34

    Ataque em Munique

    A chanceler alemã, Angela Merkel, assegura que as forças de segurança vão tudo fazer para proteger a liberdade e a integridade dos cidadãos. O responsável pelo massacre de sexta-feira, em Munique, atuou sozinho e as autoridades alemãs descartam quaisquer motivações políticas ou ligações a grupos jihadistas. O atirador tinha 18 anos e um diagnóstico de doença mental.

  • Autoridades garantem ter evitado novo ataque terrorista em Londres
    0:59

    Mundo

    A polícia britânica garante que evitou um novo atentado em Londres. Mulher baleada faz parte das oito pessoas que foram detidas numa operação antiterrorista na capital britânica e no sul de Inglaterra. A operação realizou-se após a detenção de um homem com três facas, nas imediações do Parlamento britânico.

  • Polícia espanhola divulga imagens de operação anti-jihadista

    Mundo

    A polícia espanhola divulgou esta sexta-feira novas imagens da operação anti-jihadista levada a cabo na terça-feira em Barcelona. Sabe-se agora que dois dos nove suspeitos detidos podem estar relacionados com a célula terrorista de Bruxelas, responsável pelos ataques no Aeroporto de Zaventem e no metro da capital belga.