sicnot

Perfil

Ataques em Paris

Ataques em Paris

Ataques em Paris

Governo português lamenta profundamente situação na capital francesa

O Governo português lamentou hoje "profundamente" os ataques que já provocaram, pelo menos, 40 mortos em Paris e disse desconhecer ainda se há vítimas de nacionalidade portuguesa, disse à Lusa fonte oficial do Ministério dos Negócios Estrangeiros.

© Christian Hartmann / Reuters

"O Governo lamenta profundamente a situação ocorrida em França", afirmou à Lusa fonte oficial do ministério de Rui Machete.

A mesma fonte afirmou que o Ministério dos Negócios Estrangeiros "está a acompanhar muito de perto a situação, através da embaixada e do consulado-geral em Paris", acrescentando que a embaixada está em contacto com as autoridades francesas.

Sobre a eventual existência de portugueses entre as vítimas, a mesma fonte do Palácio das Necessidades disse que ainda não é conhecida a identidade das mesmas.

Vários ataques registados hoje à noite em Paris provocaram pelo menos 40 mortos, disse fonte da polícia ao canal de televisão francês BFMTV.

Lusa

  • Mação volta a enfrentar dias de pânico
    3:33
  • Cenário mais estável no Sardoal
    0:55

    País

    O presidente da Câmara do Sardoal, Miguel Borges, disse esta manhã que a situação está mais calma. No entanto, o autarca pede que não se desmobilizem os meios porque a situação pode mudar de forma imprevisivel. Miguel Borges alertou ainda para o cansaço dos bombeiros e agentes da Proteção Civil.

  • Detida no Brasil portuguesa acusada de várias burlas nos últimos 20 anos
    3:04

    Mundo

    A Polícia do Rio de Janeiro deteve uma portuguesa acusada de várias burlas nos últimos 20 anos. Ana Resende fazia-se passar por funcionária do consulado e prometia vistos e outros documentos para tirar dinheiro das vítimas. Esta é a terceira vez que a polícia brasileira detém a portuguesa por acusações de burla.