sicnot

Perfil

Ataques em Paris

Ataques em Paris

Ataques em Paris

Governo português lamenta profundamente situação na capital francesa

O Governo português lamentou hoje "profundamente" os ataques que já provocaram, pelo menos, 40 mortos em Paris e disse desconhecer ainda se há vítimas de nacionalidade portuguesa, disse à Lusa fonte oficial do Ministério dos Negócios Estrangeiros.

© Christian Hartmann / Reuters

"O Governo lamenta profundamente a situação ocorrida em França", afirmou à Lusa fonte oficial do ministério de Rui Machete.

A mesma fonte afirmou que o Ministério dos Negócios Estrangeiros "está a acompanhar muito de perto a situação, através da embaixada e do consulado-geral em Paris", acrescentando que a embaixada está em contacto com as autoridades francesas.

Sobre a eventual existência de portugueses entre as vítimas, a mesma fonte do Palácio das Necessidades disse que ainda não é conhecida a identidade das mesmas.

Vários ataques registados hoje à noite em Paris provocaram pelo menos 40 mortos, disse fonte da polícia ao canal de televisão francês BFMTV.

Lusa

  • Portugueses querem contratar Obama

    Mundo

    Contratar Barack Obama. Pode parecer uma tarefa impossível, mas para a startup portuguesa Swonkie a única resposta a este desafio é "Yes We Can", mote da campanha presidencial de Obama de há nove anos.

  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.