sicnot

Perfil

Ataques em Paris

Ataques em Paris

Ataques em Paris

Governo português lamenta profundamente situação na capital francesa

O Governo português lamentou hoje "profundamente" os ataques que já provocaram, pelo menos, 40 mortos em Paris e disse desconhecer ainda se há vítimas de nacionalidade portuguesa, disse à Lusa fonte oficial do Ministério dos Negócios Estrangeiros.

© Christian Hartmann / Reuters

"O Governo lamenta profundamente a situação ocorrida em França", afirmou à Lusa fonte oficial do ministério de Rui Machete.

A mesma fonte afirmou que o Ministério dos Negócios Estrangeiros "está a acompanhar muito de perto a situação, através da embaixada e do consulado-geral em Paris", acrescentando que a embaixada está em contacto com as autoridades francesas.

Sobre a eventual existência de portugueses entre as vítimas, a mesma fonte do Palácio das Necessidades disse que ainda não é conhecida a identidade das mesmas.

Vários ataques registados hoje à noite em Paris provocaram pelo menos 40 mortos, disse fonte da polícia ao canal de televisão francês BFMTV.

Lusa

  • Trabalharia horas extra sem ser pago? E feriados?  
    1:25
  • UE dá "luz verde" para início das negociações do Brexit

    Brexit

    Os 27 Estados-membros da União Europeia aprovaram esta segunda-feira a autorização para o início das negociações do Brexit, indicando formalmente o final de junho para início do processo de saída do Reino Unido, que se prolongará por dois anos.

  • Donald Trump em Israel
    2:14
  • Regras secretas do Facebook permitem divulgação de imagens violentas

    Mundo

    A política interna da empresa Facebook defende que nem todos os vídeos violentos publicados na rede social devem ser apagados porque "não quer censurar ou punir pessoas em perigo". A revelação é feita pelo jornal britânico The Guardian após uma investigação em que conseguiu ter acesso ao manual interno.