sicnot

Perfil

Ataques em Paris

Ataques em Paris

Ataques em Paris

Primeiro-ministro britânico mostra-se chocado com ataques em Paris

O primeiro-ministro britânico, David Cameron, afirmou esta sexta-feira estar "chocado" com os múltiplos ataques registados em Paris, que provocaram pelo menos 18 mortos.

© Christian Hartmann / Reuters

"Estou chocado com os acontecimentos de hoje em Paris. Os nossos pensamentos e orações estão com o povo francês. Faremos o que for preciso para ajudar", escreveu o primeiro-ministro britânico no Twitter.

Os ataques ocorridos hoje em Paris provocaram pelo menos 40 mortos e vários feridos, segundo fontes policiais.

A polícia adiantou que existe uma situação de tomada de reféns na sala de espetáculos Bataclan, no 10º bairro de Paris, na avenida Voltaire (a capital francesa está dividida em 20 bairros).

O primeiro balanço da prefeitura da polícia de Paris indica que três pessoas foram mortas nas explosões verificadas na zona do Estádio da França, nos arredores, onde decorria o jogo particular de futebol França-Alemanha, e 15 no Bataclan.

O Presidente francês, François Hollande, está reunido com o primeiro-ministro, Manuel Valls, e o titular do Interior, Bernard Cazeneuve, para fazer um balanço sobre os tiroteios e explosões em Paris.

  • O resgate dos passageiros do naufrágio em Cascais
    1:48
  • É importante que "as pessoas não tenham medo" de denunciar o tráfico humano
    0:48

    País

    Manuel Albano, relator nacional para o tráfico de pessoas, concorda com a ideia de que é necessário continuar a investir na inspeção e na fiscalização para travar o tráfico de seres humanos, mas rejeita a denúncia do sindicato dos trabalhadores do SEF, que esta quinta-feira alertou para a "falta de controlo".

  • Trocar a economia pela dança
    7:21
  • Salas de consumo assistido previstas na lei há 17 anos
    3:01
  • O que faz um guaxinim às duas da manhã num quartel de bombeiros?

    Mundo

    Os animais são muitas vezes os protagonistas de histórias incríveis ou até insólitas. Desde o cão mais pequeno ao urso mais assustador. Desta vez, o principal interveniente é um guaxinim, que foi levado até um quartel de bombeiros por uma dona muito preocupada. Porquê? O animal estava sob o efeito de drogas.

    SIC

  • "Por vezes até as princesas da Disney ficam apavoradas"

    Mundo

    A atriz norte-americana Patti Murin foi esta semana elogiada nas redes sociais por se preocupar com a sua saúde mental e não ter problemas em falar sobre o assunto. A artista faltou a um espetáculo da Disney, onde ia atuar, devido a um ataque de ansiedade.

    SIC

  • Presidente do Uganda quer proibir sexo oral

    Mundo

    O Presidente do Uganda emitiu um aviso público durante um conferência de imprensa anunciando que vai banir a prática de sexo oral no país. Yoweri Museveni justifica o ato, explicando que "a boca serve para comer".

    SIC