sicnot

Perfil

Ataques em Paris

Ataques em Paris

Ataques em Paris

Primeiro-ministro britânico mostra-se chocado com ataques em Paris

O primeiro-ministro britânico, David Cameron, afirmou esta sexta-feira estar "chocado" com os múltiplos ataques registados em Paris, que provocaram pelo menos 18 mortos.

© Christian Hartmann / Reuters

"Estou chocado com os acontecimentos de hoje em Paris. Os nossos pensamentos e orações estão com o povo francês. Faremos o que for preciso para ajudar", escreveu o primeiro-ministro britânico no Twitter.

Os ataques ocorridos hoje em Paris provocaram pelo menos 40 mortos e vários feridos, segundo fontes policiais.

A polícia adiantou que existe uma situação de tomada de reféns na sala de espetáculos Bataclan, no 10º bairro de Paris, na avenida Voltaire (a capital francesa está dividida em 20 bairros).

O primeiro balanço da prefeitura da polícia de Paris indica que três pessoas foram mortas nas explosões verificadas na zona do Estádio da França, nos arredores, onde decorria o jogo particular de futebol França-Alemanha, e 15 no Bataclan.

O Presidente francês, François Hollande, está reunido com o primeiro-ministro, Manuel Valls, e o titular do Interior, Bernard Cazeneuve, para fazer um balanço sobre os tiroteios e explosões em Paris.

  • 10 Minutos com Alexandra Simeão: as mudanças em Angola
    10:37
  • "Estamos vivos"
    11:41
  • Notas e moedas têm os dias contados?
    6:27