sicnot

Perfil

Ataques em Paris

Ataques em Paris

Ataques em Paris

União Europeia "profundamente chocada" com ataques em Paris

Os presidentes do Conselho Europeu, Donald Tusk, da Comissão Europeia, Jean-Claude Junker, e do Parlamento Europeu, Martin Schulz, afirmaram hoje estar profundamente horrorizados com os ataques de Paris, que provocaram pelo menos 40 mortos.

© Philippe Wojazer / Reuters

"Estou horrorizado com os acontecimentos de Paris. Toda a minha solidariedade e condolências com os franceses e as autoridades francesas", escreveu Tusk na sua conta no Twitter.

Jean-Claude Junker afirmou estar "profundamente horrorizado" com os acontecimentos e expressou solidariedade com o povo francês.

"Terríveis notícias chegam de Paris. Os nossos pensamentos estão com as famílias das vítimas e o nosso apoio com as autoridades", indicou também no Twitter Martin Schulz.

Vários tiroteios no centro de Paris e três explosões junto ao Estádio de França, que autoridades pensam ter sido ataques suicidas, provocaram pelo menos 40 mortos e 50 feridos em estado crítico.

Lusa

  • "Até para o ano", a mensagem de Ronaldo para os adeptos do Real Madrid
  • Despenalização da eutanásia votada na terça-feira no Parlamento
    2:04
  • Há companhias aéreas a contratar. TAP é uma delas
    1:28

    Economia

    Com o crescimento do turismo, que continua a bater recordes, as companhias aéreas querem profissionais para reforçar as rotas com maior procura e oferecer novos destinos. Só a TAP prevê contratar mais 700 pessoas este ano para várias funções, incluindo 300 tripulantes de cabine e 170 pilotos.

  • O bombeiro herói que recebe 267 euros de pensão
    2:36
  • Funcionários dos EUA na Coreia do Norte para preparar cimeira
    2:19