sicnot

Perfil

Ataques em Paris

Ataques em Paris

Ataques em Paris

Banda que tocava no Bataclan é dos Estados Unidos

A banda californiana que tocava sexta-feira à noite na sala de espetáculos Bataclan, em Paris, atacada por terroristas, é conhecida pelo seu humor, tocar 'blues-rock' e trabalhar com grandes nomes da música.

"Eagle of Death Metal" é originária de Palm Street, do sul da Califórnia, e tem dois membros principais (Jesse Hughes, 43 anos, e Josh Homme, 42 anos), que são conhecidos pelo seu humor e pelo espírito "sexo, drogas e rock and roll". (Arquivo)

"Eagle of Death Metal" é originária de Palm Street, do sul da Califórnia, e tem dois membros principais (Jesse Hughes, 43 anos, e Josh Homme, 42 anos), que são conhecidos pelo seu humor e pelo espírito "sexo, drogas e rock and roll". (Arquivo)

Barry Brecheisen / AP

"Eagle of Death Metal" é originária de Palm Street, do sul da Califórnia, e tem dois membros principais (Jesse Hughes, 43 anos, e Josh Homme, 42 anos), que são conhecidos pelo seu humor e pelo espírito "sexo, drogas e rock and roll".

Josh Homme, amador de tatuagens e que, no passado, alegou possuir armas de fogo, é também líder do grupo "Queens of the Stone Age".

O artista é também conhecido pelo seu lado politicamente incorreto e por utilizar uma linguagem rebuscada com o público.

"Eagle of Death Metal" está em tournée pela Europa para promover o seu novo álbum, "Zipper Down" (braguilha aberta), o primeiro do grupo em sete anos.

Vários ataques no centro de Paris e na área do Estádio de França na sexta-feira à noite provocaram pelo menos 40 mortos e cerca de 50 feridos.

Lusa

  • Passos acusa Governo de "sacudir água do capote"

    País

    O líder do PSD, Pedro Passos Coelho, acusou este sábado o Governo de "sacudir a água do capote" para não assumir a responsabilidade pelo que está a ser decidido, usando uma política de comunicação que considerou ser um "embuste".

  • Quase 200 polícias solidários com agentes acusados
    2:29

    País

    Perto de 200 polícias manifestaram-se este sábado na sede da PSP em Alfragide, em solidariedade com os 18 agentes acusados no processo Cova da Moura. O Sindicato Nacional de Polícia associou-se ao protesto e diz existir um aproveitamento político do caso.

  • Polícias ameaçam com protestos no arranque do campeonato
    1:24

    País

    Os agentes da PSP ameaçam boicotar a presença nos jogos do campeonato da Primeira e Segunda ligas que começam em 15 dias. Os agentes colocam em causa o atual modelo de policiamento no futebol, que faz com que muitos dos profissionais da PSP trabalhem sem remuneração em dia de folga.